Produção de isoladores plásticos flexíveis no CEMIB/UNICAMP

Autores

  • Luiz Augusto Corrêa Passos Universidade Estadual de Campinas
  • Delma Pegolo Alves Universidade Estadual de Campinas
  • Roberto da Silveira Pazotto Universidade Estadual de Campinas
  • Armando Ferreira Lima Filho Universidade Estadual de Campinas
  • Sergio Luiz Lucino Universidade Estadual de Campinas
  • Marcos Zanfolin Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i1.8917

Palavras-chave:

Isoladores plásticos flexíveis. Microbiologia

Resumo

No príncipio do século, pesquisadores interessados na importância da microbiologia associada a dietas no crescimento de organismos superiores, criaram uma nova área de pesquisa: a Gnotobiologia. Porém, apenas a partir de 1934, quando Trexler & Reynolds apresentaram o primeiro equipamento flexível capaz de controlar totalmente as condições de manutenção, é que esta nova ciência se estabeleceu de forma definitiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Augusto Corrêa Passos, Universidade Estadual de Campinas

CEMIB/UNICAMP

Delma Pegolo Alves, Universidade Estadual de Campinas

CEMIB/UNICAMP

Roberto da Silveira Pazotto, Universidade Estadual de Campinas

CEMIB/UNICAMP

Armando Ferreira Lima Filho, Universidade Estadual de Campinas

CEMIB/UNICAMP

Sergio Luiz Lucino, Universidade Estadual de Campinas

CEMIB/UNICAMP

Marcos Zanfolin, Universidade Estadual de Campinas

CEMIB/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-10-31

Como Citar

PASSOS, L. A. C.; ALVES, D. P.; PAZOTTO, R. da S.; LIMA FILHO, A. F.; LUCINO, S. L.; ZANFOLIN, M. Produção de isoladores plásticos flexíveis no CEMIB/UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 1, p. 41–41, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i1.8917. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8917. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Biomédicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 4