Grupo terapêutico do programa cuide-se

Autores

  • Tâmara Maria Nieri Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8895

Palavras-chave:

Prevenção. Saúde coletiva. Hipertensão.

Resumo

Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é doença crônica não transmissível mais significativa; atinge 25% da população brasileira adulta, acomete mais de 50% dos indivíduos após os 60 anos, podendo resultar em doença cardiovascular grave. O CECOM criou uma estratégia de tratamento para seus usuários hipertensos. Abordar coletivamente os portadores de HAS, motivando o auto cuidado e a adesão ao tratamento; estimular diálogo e troca de vivências e experiências; contribuir com o fortalecimento dos sujeitos para que se reconheçam capazes de provocar mudanças em suas vidas; realizar o seguimento e o controle da patologia. Os portadores de HAS são avaliados pelo médico e enfermeira da equipe. Cada encontro, a cada quatro meses, prevê: aferição da PA, informações fornecidas por demanda, checagem de exames, avaliação terapêutica e conduta, de acordo com o Protocolo Interno de HAS do CECOM. Temos um total de 454 pacientes adscritos no Programa CUIDE-SE. A busca ativa de faltosos garante o vínculo necessário ao efetivo acompanhamento. O CUIDE-SE busca fidelizar os indivíduos às condutas recomendadas e adscrever seu atendimento, possibilitando avaliação e acompanhamento por equipe multidisciplinar; compartilhamento dos aspectos subjetivos da doença com o grupo, monitoramento e controle da pressão arterial, além do estabelecimento de uma rede de apoio. Desde a instalação do programa CUIDE-SE verificou-se queda de 40% nas consultas de Pronto Atendimento da clínica médica pelo CID10 I.10 (Hipertensão Arterial Sistêmica).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tâmara Maria Nieri, Universidade Estadual de Campinas

Coordenadoria do Serviço Social.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

NIERI, T. M. Grupo terapêutico do programa cuide-se. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 214–214, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8895. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8895. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >> 

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.