O estresse e a terceira idade: a universidade cumprindo seu papel perante a comunidade

Autores

  • Fernando Canova Universidade Estadual de Campinas
  • Dora Maria Grassi Kassisse Universidade Estadual de Campinas
  • Eliane Silva Bicocchi Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8887

Palavras-chave:

Terceira idade. Estresse. Extensão.

Resumo

A Extensão Universitária é uma das funções sociais da Universidade, realizada por meio de um conjunto de ações dirigidas à comunidade, as quais devem estar vinculadas ao ensino e à pesquisa. De forma geral, sua finalidade é a promoção e o desenvolvimento do bem-estar físico, e social, a promoção e a garantia dos valores democráticos de igualdade de direitos e de participação, o respeito à pessoa e à sustentabilidade das intervenções no ambiente. O objetivo deste trabalho foi apresentar aos membros da comunidade acima dos 50 anos os conceitos relacionados com o estresse agudo e crônico, positivo e negativo, assim como métodos práticos para superar o estresse negativo. A correria diária, a falta do lazer, as dificuldades do dia a dia, são fatores que contribuem para uma situação de estafa decorrente de situações estressantes na vida. Quando se trata de pessoas idosas, os efeitos causados pelo estresse vêm em proporções maiores. Desta forma, a compreensão deste tema se torna fundamental para esta fatia de nossa população. Através do projeto universIDADE, foi possível a apresentação de um curso com 6 horas de duração abordando de forma bastante dinâmica temas relacionados com o estresse. Participaram desta oficina até o momento 265 pessoas entre 50 e 93 anos, de ambos os sexos, com diferentes graus de instrução. O sucesso desta ação não foi apenas medido através de gráficos ou tabelas, mas pode ser também ser observado pelos abraços carinhosos entre os participantes e pelos agradecimentos afetuosos dos idosos ao final do evento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Canova, Universidade Estadual de Campinas

Doutor em Biologia Funcional e Molecular pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2014), Mestre em Biologia Funcional e Molecular pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2009), Bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade de Mogi das Cruzes (2004), Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade de Mogi das Cruzes (2003), atualmente é Professor na Universidade de Mogi das Cruzes.

Dora Maria Grassi Kassisse, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Ciências Farmacêuticas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1986), mestrado em Ciências Biológicas (Fisiologia) pela Universidade Estadual de Campinas (1990) e doutorado em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1994). Realizou pós-doutoramento no Brasil-Unicamp (Fapesp) e no exterior Lyon, Université Claude Bernard (Fapesp) área de metabolismo. 

Eliane Silva Bicocchi, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Cidade de São Paulo (2007). Possui a graduação de Gerontologia na Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

CANOVA, F.; KASSISSE, D. M. G.; BICOCCHI, E. S. O estresse e a terceira idade: a universidade cumprindo seu papel perante a comunidade. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 212–212, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8887. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8887. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)