Tratamento de enxaqueca através da acupuntura no CECOM - centro de saúde da comunidade da UNICAMP

Autores

  • Renata Cristina Di Grazia Universidade Estadual de Campinas
  • Claudia Maria Peres Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8863

Palavras-chave:

Enxaqueca. Dor. Tratamento. Acupuntura.

Resumo

A enxaqueca (migrânea) é um problema de saúde pública com prevalência geral entre 10 a 20%. Acomete quatro vezes mais as mulheres que os homens, gerando muito desconforto físico, dor intensa e dificuldade na concentração, levando frequentemente ao absenteísmo laboral. A dor de cabeça vem em crises que duram entre 4 e 72 horas, de localização uni ou bilateral, pulsátil, intensidade moderada a severa, e acompanha-se de sintomas como náuseas, fotofobia e fonofobia. Pode ser precedida por alteração do humor e perda do apetite. O objetivo deste trabalho foi mostrar a importância e eficácia do uso da acupuntura no tratamento dos pacientes atendidos no CECOM com enxaqueca diagnosticada. Os pacientes inicialmente passam em uma consulta de acupuntura, onde são verificados: dados gerais, HMA, queixa principal, problemas em órgãos e vísceras, pulso, doenças na família, medicações que ingere, cirurgias que foi submetido. Após a consulta o paciente inicia o tratamento, com uma primeira sequência de 8 a 10 sessões e com o registro do histórico de sua evolução. Em geral, já a partir da segunda sessão observa-se inicio da melhora no quadro clínico. Recomenda-se que o paciente seja reavaliado após a primeira sequência de aplicação do método para verificar eficácia. Caso necessite, por ser uma doença de difícil tratamento, o paciente poderá fazer mais uma seqüência de 8 a 10 sessões. Conclui-se que este método tem sido eficaz no tratamento desta doença, uma vez que os pacientes com migrânea submetidos a acupuntura apresentam melhora já a partir da segunda sessão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Cristina Di Grazia, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Fisioterapia pela Universidade Metodista de Piracicaba(1995), graduação em Direito pela Universidade Paulista(2001), especialização em Curso de Especialização em Acupuntura pelo Instituto Brasileiro de Estudos Homeopáticos E(1998), mestrado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas(2002), doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas(2009).

Claudia Maria Peres, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Fisioterapia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1989). Atualmente é fisioterapeuta da Universidade Estadual de Campinas/UNICAMP. Curso de Especialização em Acupuntura no Instituto Brasileiro de Estudos Homeopáticos (1998). Curso de Pós-graduação/ MBA Gerência em Saúde Fundação Getulio Vargas (2005). Mestrado pela Faculdade de Educação Física - UNICAMP, na Área de Concentração Atividade Física, Adaptação e Saúde (2008). Doutora em Saúde Coletiva/Epidemiologia - Faculdade de Ciëncias Médicas - UNICAMP (2013).

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

GRAZIA, R. C. D.; PERES, C. M. Tratamento de enxaqueca através da acupuntura no CECOM - centro de saúde da comunidade da UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 188–188, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8863. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8863. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>