Era um, eram dois, eram três contos : os contos e me encanto outra vez

Autores

  • Meigue Alves Santos Universidade Estadual de Campinas
  • Giselle Cristina Avelar Universidade Estadual de Campinas
  • Izameli Stripoli Souza Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8858

Palavras-chave:

Historias. Imaginação. Linguagens.

Resumo

As atividades desenvolvidas foram feitas no Centro de Convivência Infantil – CeCI/ Unicamp, na Turma do Contos, contendo 20 crianças de 5 e 6 anos. Ocorreu em 2015, as histórias infantis levaram a curiosidades e observações das crianças, através de desenhos, das brincadeiras de faz-de-conta. Queriam conhecer mais sobre as histórias tradicionais infantis. A partir disso, iniciamos as vivências das historias Branca de neve, Chapeuzinho Vermelho, Rapunzel, e assim por diante. Contamos historias tradicionais sob outras perspectivas, tais como , Chapeuzinhos Coloridos, Branca de neve e as Sete Versões, Joões e Marias, Rapunzel, um Conto da Fadas Fabuloso. O objetivo foi reconhecer a importância da literatura infantil e o seu incentivo na formação do hábito de leitura das crianças na educação infantil, sendo esse um meio pelo qual a criança a desenvolve a imaginação, emoções e sentimentos de forma prazerosa e significativa. As vivências resultaram em atividades como construção de fantoches, desenhos, recontos e dramatizações. As linguagens foram os meios simbólicos pelos quais as crianças puderam fazer intercâmbio entre o repertório de símbolos e significados adquiridos a partir das histórias lidas e do mundo que as cercam. Os resultados foram positivos das atividades realizadas. Observou-se a importância de inserir o indivíduo no mundo simbólico, através das histórias e as influências sofridas por elas, pois “as histórias estimulam o desenvolvimento [...], o pensamento hipotético, o raciocínio lógico, pensamento divergente ou convergente, as relações espaciais e temporais", e valorizando a contribuição das histórias infantis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Meigue Alves Santos, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual de Campinas(2007). Atualmente é Professor de Educação Infantil Nível Médio da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tópicos Específicos de Educação.

Giselle Cristina Avelar, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas(2001). Atualmente é Profissional de Educação Básica da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Educação.

Izameli Stripoli Souza, Universidade Estadual de Campinas

Professora da DedIC na Unicamp.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

SANTOS, M. A.; AVELAR, G. C.; SOUZA, I. S. Era um, eram dois, eram três contos : os contos e me encanto outra vez. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 183–183, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8858. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8858. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida