Banner Portal
Viva mais - programa de prevenção ao uso de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas
PDF

Palavras-chave

Drogas. Universidade. Prevenção

Como Citar

SILVA, Paulo Eduardo Moreira Rodrigues da; LIMA, E. S.; AZEVEDO, Renata Cruz Soares de; BAZZO, Margareth de Cillo. Viva mais - programa de prevenção ao uso de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 327–327, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8855. Acesso em: 18 jul. 2024.

Resumo

Na atualidade, convivemos com um crescimento significativo no consumo de substâncias psicoativas (SPA), que vem acompanhado do uso em idades cada vez mais precoces, do desenvolvimento de substâncias novas e vias de administração alternativas de produtos já conhecidos com incremento nos efeitos e aumento no potencial de desenvolvimento de dependência. A sociedade como um todo tem se questionado sobre as motivações deste aumento no uso de SPA. Dentro desta preocupação insere-se este programa, que foi criado em 13/08/03 e que tem por objetivo conscientizar a comunidade universitária sobre os riscos do uso indevido de álcool, tabaco e outras drogas e promover uma nova cultura em relação ao uso de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas dentro dos Campi da Universidade. Para isto tem-se realizado estratégias de prevenção universal (acesso à informação), seletiva (diagnóstico precoce, orientação específica e encaminhamento para avaliação, se desejado) e terapêutica (diagnóstico da situação e a facilitação de acesso a tratamento). Neste período foram realizadas 84 atividades de prevenção entre palestras, treinamento, divulgação de datas alusivas à prevenção e criação de material informativo.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Paulo Eduardo Moreira Rodrigues da Silva, E. S. Lima, Renata Cruz Soares de Azevedo, Margareth de Cillo Bazzo

Downloads

Não há dados estatísticos.