Sistema de classificação de pacientes pediátricos: construção e validação de instrumento

Autores

  • Ariane Polidoro Dini Universidade Estadual de Campinas
  • Edineis de Brito Guirardello Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8844

Palavras-chave:

Avaliação em enfermagem. Dimensionamento de pessoal. Validade dos testes

Resumo

A classificação de pacientes é essencial para dimensionar pessoal e planejar custos da assistência. Dada a inexistência de instrumentos específicos para pediatria, o presente estudo teve como objetivos construir e avaliar a validade e a confiabilidade de um instrumento para classificação de pacientes pediátricos. Pesquisa metodológica, utilizado a técnica Delphi para a validade e a confiabilidade foi avaliada quanto ao aspecto de equivalência. A versão final do Instrumento de Classificação de Pacientes Pediátricos (ICPP) foi obtida após quatro fases da técnica Delphi e ficou constituída de 11 indicadores. Para cada indicador estabeleceu-se quatro situações de dependência de cuidados, graduadas de forma crescente quanto à demanda de assistência. O paciente deve ser classificado em todos os indicadores na graduação que melhor corresponder a sua condição, em seguida somam-se os pontos obtidos e verifica-se a categoria de cuidado correspondente (Mínimos, Intermediários, Alta-dependência, Semiintensivos ou Intensivos). Quanto à confiabilidade, obteve-se níveis de concordância ótima para cinco indicadores, boa para cinco e apenas um indicador apresentou fraco nível de concordância. Recomenda-se o uso do ICPP como ferramenta para tomada de decisão no processo gerencial em unidades de internação pediátrica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ariane Polidoro Dini, Universidade Estadual de Campinas

HC/ UNICAMP

Edineis de Brito Guirardello, Universidade Estadual de Campinas

HC/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

DINI, A. P.; GUIRARDELLO, E. de B. Sistema de classificação de pacientes pediátricos: construção e validação de instrumento. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 322–322, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8844. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8844. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)