Resultados obtidos com o método de resiliência para a preparação ao parto humanizado

Autores

  • H. Sabatino Universidade Estadual de Campinas
  • Franklin Sarmento da Silva Braga Universidade Estadual de Campinas
  • Marcela Carlini S. Cordeiro Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8836

Palavras-chave:

Resiliência. Preparação a casais grávidos. Parto de cócoras

Resumo

A preparação aos casais grávidos para alivio das dores do parto, tem evoluído a través do tempo, com resultados variáveis. A partir do ano de 1980 foi desenvolvido no Grupo de Parto Alternativo do Departamento de Tocoginecologia da Unicamp um método denominado de “Resilência”, com o objetivo de que as mulheres que o adotam tenham mais facilidade para um parto em posição de cócoras, sem necessidade da utilização de drogas analgésicas. Este método utiliza a virtude que os seres humanos tem de vencer as adversidades (dor do parto) e construir sobre ela. Para isto o grupo que esta constituído por docentes funcionários e estagiários voluntários da Unicamp, estimula os pilares da resiliência tais como: Empatia, Iniciativa, Sentido de Vida, Consciência Social, Confiança, Introspecção, Capacidade de Relacionamento, Humor, Criatividade e Autonomia. A avaliação do método, foi realizada através da quantificação da forma de termo do parto. São comparados os resultados segundo a incidência de partos acontecidos em posição de cócoras (87,2%) com aqueles que não aconteceram nessa posição por causa não médica. As conclusões nos permitirão conhecer as bondades do método para sua “implementação” em outros centros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

H. Sabatino, Universidade Estadual de Campinas

FCM/ UNICAMP

Franklin Sarmento da Silva Braga, Universidade Estadual de Campinas

FCM/ UNICAMP

Marcela Carlini S. Cordeiro, Universidade Estadual de Campinas

FCM/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

SABATINO, H.; BRAGA, F. S. da S.; CORDEIRO, M. C. S. Resultados obtidos com o método de resiliência para a preparação ao parto humanizado. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 318–318, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8836. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8836. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida