Qualificação profissional da equipe de enfermagem em uma unidade de terapia intensiva

Autores

  • Eliane Lopes de Souza Universidade Estadual de Campinas
  • Wilma Aparecida Nunes Universidade Estadual de Campinas
  • M. L. Melicardi Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8828

Palavras-chave:

Enfermagem. Qualificação profissional . Aprendizagem

Resumo

O profissional de saúde está inserido em um contexto de mudanças e incertezas e deve estar preparado para assumir novas responsabilidades, qualificação que exige mudanças ancoradas na capacidade de aprendizagem e no compromisso com sua formação profissional e humana. O objetivo desse estudo foi descrever a qualificação profissional da equipe de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva. Estudo descritivo com coleta de dados de fonte primária. Resultado: participaram da pesquisa 91profissionais, sendo 39 (43%) enfermeiros, destes 20 possuem especialização, 7 concluíram mestrado e 1 doutorado. Os técnicos são 51 (56%) e 1 (1%) auxiliar de enfermagem. Constatou-se que 28% dos enfermeiros já atuaram como técnico ou auxiliar de enfermagem e que 37% dos técnicos já atuaram como auxiliar. Constatou-se que vários profissionais são qualificados e capazes de contribuir para mudanças efetivas no processo do cuidado, visando à melhoria da qualidade da assistência. Nota-se que houve progressão na qualificação de auxiliares para técnicos e destes para enfermeiros. Na concepção dos profissionais qualificados o retorno do processo de formação continuada foi ter obtido maior conhecimento e aperfeiçoamento da qualidade de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane Lopes de Souza, Universidade Estadual de Campinas

HC/UNICAMP

Wilma Aparecida Nunes, Universidade Estadual de Campinas

HC/UNICAMP

M. L. Melicardi, Universidade Estadual de Campinas

HC/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

SOUZA, E. L. de; NUNES, W. A.; MELICARDI, M. L. Qualificação profissional da equipe de enfermagem em uma unidade de terapia intensiva. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 314–314, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8828. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8828. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida