Promoção da saúde bucal dos adolescentes: um relato de experiência com os patrulheiros da UNICAMP

Autores

  • Juliana Pasti Villalba Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8819

Palavras-chave:

Saúde bucal. Patrulheiros UNICAMP. Saúde dos adolescentes

Resumo

sociedade. Nos dias atuais, a necessidade de implantação de políticas públicas para a adolescência tornou-se obrigatória, considerando-se 54 milhões de adolescentes e de jovens no Brasil e compreendendo que os comportamentos iniciados nessa idade são cruciais para o restante da vida, porque repercutem no desenvolvimento integral. A atual Política Nacional de Saúde Bucal (2004), intitulada Brasil Sorridente estabelece o reconhecimento de especificidades próprias da idade, podendo ser trabalhada como saúde da criança, saúde do adolescente, saúde do adulto e saúde do idoso. No entanto, o objetivo deste trabalho é relatar minha experiência como coordenadora de um programa de saúde bucal para os patrulheiros da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) que visa reorganizar a atenção à saúde bucal desses adolescentes através de ações de promoção, proteção e recuperação da saúde direcionadas para sua faixa etária para que possam evitar problemas com a saúde bucal e consequentemente com a saúde geral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Pasti Villalba, Universidade Estadual de Campinas

CECOM/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

VILLALBA, J. P. Promoção da saúde bucal dos adolescentes: um relato de experiência com os patrulheiros da UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 310–310, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8819. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8819. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida