Histórico das doenças crônicas, lesões e hábitos de vida de diversos grupos de participantes do programa mexa-se UNICAMP (2003 A 2014)

Autores

  • Carlos Aparecido Zamai Universidade Estadual de Campinas
  • Antonia Dalla Pria Bankoff Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8786

Palavras-chave:

Doenças crônicas não transmissíveis. Hábito de vida. Absenteísmo. Gastos públicos.

Resumo

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) são hoje responsáveis pela maioria das doenças e mortes em muitos países, seja de alta, média ou baixa condição socioeconômica. Os índices de morte por DCNT já estão mais elevados em países de baixa e média renda do que em países ricos. Quase dois terços das mortes prematuras em adultos (entre 15 e 69 anos) e três quartos de todas as mortes adultas são atribuíveis a tais condições. Objetivou-se neste analisar o histórico das doenças crônicas, lesões e hábitos de vida de diversos grupos de participantes do Programa Mexa-se Unicamp (2003 a 2014). Através de anamnese específica foram avaliados 841 participantes, ambos os gêneros, faixas etárias de 31 a 69 anos. Analisando os dados, verificou-se que 16,2% já estão acometidos por uma DCNT, este percentual refere-se a 137 pessoas, o que é muito preocupante pois na maioria dos grupos avaliados pelo Programa Mexa-se a partir de 2003 encontram-se incidências de DCNTs e de fatores de risco na população universitária, o que merece a atenção quanto ao possível índice de absenteísmo no trabalho, e, que tais fatores oneram horas de trabalho e gastos públicos, citando a hipertensão, diabetes e até mesmo a obesidade com grau mais elevado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Aparecido Zamai, Universidade Estadual de Campinas

Graduado em Pedagogia - Faculdades ASMEC; Mestrado e doutorado em Educação Física (UNICAMP). Professor Titular da Universidade Paulista ? Campinas, Jundiaí, Limeira e Sorocaba (Disc.: Metodologia científica, trabalho de conclusão de curso, tópicos de atuação profissional, educação física no ensino fundamental e médio, estrutura e funcionamento do ensino, didática geral e específica, prática de ensino e estágio supervisionado).

Antonia Dalla Pria Bankoff, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Metodista de Piracicaba , mestrado em Odontologia (Biologia e Patologia Buco-Dental) [Piracicaba] pela Universidade Estadual de Campinas e doutorado em Ciências Morfofuncionais pela Universidade de São Paulo . Atualmente é professor titular da Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: aitividade fisica, atividade física, eletromiografia, qualidade de vida e obesidade. 

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

ZAMAI, C. A.; BANKOFF, A. D. P. Histórico das doenças crônicas, lesões e hábitos de vida de diversos grupos de participantes do programa mexa-se UNICAMP (2003 A 2014). Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 165–165, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8786. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8786. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde, Sustentabilidade e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>