Faça dar certo! O Lian Gong em 18 terapias em uma comunidade de Campinas, São Paulo

Autores

  • M. B. F. Busso Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8722

Palavras-chave:

Lian Gong. Trabalho voluntário. Educação

Resumo

Este pôster apresenta brevemente um trabalho com o Lian Gong 18 Terapias, Ginástica da Medicina Tradicional Chinesa, que vem sendo realizando junto a moradores em uma comunidade de Campinas, São Paulo. A idéia construída é que é possível fazer dar certo um trabalho voluntário. Parte-se de uma trajetória pessoal de vida, na qual há um problema no punho que é relativo a esforços repetitivos de trabalho, e que impulsiona uma funcionária da Funcamp, e estudante de pedagogia, a buscar um auxílio médico. Neste momento, ela se depara com a prática do Lian Gong em 18 Terapias em um espaço público da mesma cidade. O interesse gradativo por esta prática, além de contribuir para melhoras no punho, a leva a aprofundar estudos sobre tais exercícios desta Ginástica Tradicional da Medicina Chinesa. De praticante e estudiosa, ela tem a oportunidade, a convite de moradores, de assumir compromissos pedagógicos com algumas pessoas desta comunidade na prática do Lian Gong, duas vezes por semana, durante uma hora, e já há seis anos. Ainda são apresentados alguns benefícios comprovados cientificamente e relatados por moradores da comunidade, benefícios esses decorrentes da prática do Lian Gong em 18 Terapias. Desta forma, acredita-se que é possível fazer com que um trabalho voluntário comunitário dê certo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

M. B. F. Busso, Universidade Estadual de Campinas

CAS/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

BUSSO, M. B. F. Faça dar certo! O Lian Gong em 18 terapias em uma comunidade de Campinas, São Paulo. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 271–271, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8722. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8722. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida