Banner Portal
Estudo sobre os aspectos adaptativos apresentados por pessoas amputadas em um hospital público
PDF

Palavras-chave

Amputação. Reabilitação física. Deficiência física

Como Citar

SEKIYA, F. H.; TURATO, E. R.; CAMPOS, C. J. G. Estudo sobre os aspectos adaptativos apresentados por pessoas amputadas em um hospital público. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 269–269, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8717. Acesso em: 4 mar. 2024.

Resumo

Enfocamos nesta pesquisa os significados apresentados por indivíduos com Deficiência Física Adquirida (DFA), sobre sua condição de saúde. Objetivamos analisar aspectos biopsicossociais adaptativos apresentados por pessoas que tiveram amputado um dos membros inferiores, tendo uma doença ou um trauma por causalidade. Utilizamos a metodologia clínico-qualitativa e um roteiro de entrevista semidirigida foi aplicado a uma amostra de dez indivíduos da Unidade de Órtese e Prótese (UOP) de um Hospital Universitário Estatal do interior paulista. Os dados foram tratados utilizando-se a técnica da análise de conteúdo temático. Identificamos oito categorias referentes ao temaproblema: o inevitável e o inesperado nas diversas reações entre amputados por doença e por trauma; mecanismos psicológicos de defesa e de ajustamento; dor fantasma, sensação fantasma e dor no coto; dificuldade de locomoção e dependência física; discriminação; relação com a família e amigos; a questão da condição socioeconômica na aquisição de prótese e a amputação como uma questão social; e espiritualidade.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 F. H. Sekiya, Egberto Ribeiro Turato, Claudinei Jose Gomes Campos

Downloads

Não há dados estatísticos.