Estresse ocupacional em servidores de um centro de saúde

Autores

  • Maria Elenice Quelho Areias Universidade Estadual de Campinas
  • Fernando Machado Ferreira Universidade Estadual de Campinas
  • Alexandre Quelho Comandule Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8709

Palavras-chave:

Estresse. Trabalho

Resumo

O descontentamento com a vida funcional é um problema que afeta a quase todos os trabalhadores uma vez ou outra, não obstante sua posição ou o status. A frustração, a monotonia e a raiva comum aos empregados insatisfeitos com sua vida do trabalho podem ter um alto custo ao indivíduo e à organização. Para a OMS (2005) é de fundamental importância o trabalho e o local de trabalho na saúde porque a maneira como se trabalha ou como o ambiente de trabalho está organizado pode contribuir para o aparecimento de Estresse no Trabalho. Ambiente laboral com altas demandas pode acarretar sérios impactos negativos em curto e em longo prazo na saúde do trabalhador, sem levar em consideração a: Personalidade do Indivíduo, Características Genéticas ou Circunstâncias de Vida. O objetivo desse trabalho foi avaliar o Desequilíbrio entre Esforço e Recompensa no Trabalho e o Estresse Ocupacional dos funcionários do Centro de Saúde para clarificar o descontentamento dos trabalhadores. Foram utilizados dois instrumentos de pesquisa em 106 funcionários de ambos os sexos (M = 37% e F= 63%) de diferentes categorias ocupacionais. Resultados indicam que 10 pessoas apresentam condição psicológica de risco à saúde e que o Estresse Ocupacional classificado como Perigoso é 4 vezes mais alto que o esperado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Elenice Quelho Areias, Universidade Estadual de Campinas

CECOM/UNICAMP

Fernando Machado Ferreira, Universidade Estadual de Campinas

CECOM/UNICAMP

Alexandre Quelho Comandule, Universidade Estadual de Campinas

CECOM/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

AREIAS, M. E. Q.; FERREIRA, F. M.; COMANDULE, A. Q. Estresse ocupacional em servidores de um centro de saúde. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 264–264, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8709. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8709. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.