Efeitos de um programa de terapia manual na qualidade de vida de mulheres de meia idade com disfunção da articulação temporo mandibular

Autores

  • Renata Cristina di Grazia Universidade Estadual de Campinas
  • V. M. Forti Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8706

Palavras-chave:

Articulação temporomandibular. Disfunção da ATM. ATM

Resumo

Apresento algumas discussões realizadas a partir da minha pesquisa de mestrado, O presente estudo teve como objetivo avaliar a Qualidade de Vida em mulheres na meia idade que apresentavam disfunção da articulação temporomandibular (DTM), com queixas das algias, e verificar a eficácia do tratamento fisioterapêutico utilizando a terapia manual através do método Mulligan associado a massagem clássica na articulação temporomandibular e coluna cervical. Participaram da pesquisa 27 mulheres, com idades entre 40 e 55 anos, encaminhadas pelo serviço médico e odontológico do Cecom, durante 16 semanas, com 2 sessões/semanais, de 30 minutos, em dias alternados. O estudo foi realizado no setor de Fisioterapia do Cecom-Unicamp, e a escolha das pacientes se deu de acordo com a disponibilidade e acessibilidade do serviço. De acordo com os resultados obtidos através do Questionário SF-36 e escalas unidimensionais de dor, as pacientes relataram melhora de: 30%(2), 40%(1), 50%(6), 60%(5), 70%(5), 80%(2), 90%(3), 100%(3) em seu quadro clínico, e uma melhora significativa da Qualidade de vida, avaliada pelo SF-36, demonstrando assim, a grande eficácia do tratamento fisioterapêutico através da terapia manual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Cristina di Grazia, Universidade Estadual de Campinas

CECOM/UNICAMP

V. M. Forti, Universidade Estadual de Campinas

CECOM/UNICAMP

Publicado

2016-09-12

Como Citar

GRAZIA, R. C. di; FORTI, V. M. Efeitos de um programa de terapia manual na qualidade de vida de mulheres de meia idade com disfunção da articulação temporo mandibular. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 263–263, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8706. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8706. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)