Dança laboral

Autores

  • Patrícia R. L. Vechia Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8695

Palavras-chave:

Consciência Corporal. Laban.

Resumo

Quando se deu a Industrialização, no século XIX, a mecanização das atividades e a procura por rendimento de trabalho foram valorizadas de modo que o homem se especializou em uma atividade, numa sucessão de uma única movimentação durante longos períodos de tempo.O corpo que tende a essa especialização de movimentos para uma boa produtividade, acaba por mecanizar seus gestos. Neste contexto, surge a necessidade de uma recuperação da percepção da totalidade do corpo, em favor da saúde deste trabalhador que acaba por adquirir disfunções não só músculo-esqueléticas como também de aumento de estresse. No presente trabalho foi desenvolvido um programa de exercícios que trabalham a Consciência Corporal, o Relaxamento e o Alinhamento Postural com duas populações de funcionários de empresas localizadas em Campinas (SP), todos os dias durante 15 minutos. Essas atividades foram desenvolvidas para que o indivíduo praticante zelasse por seu próprio corpo no ambiente de trabalho, trazendo melhoras em sua saúde, bem estar e eficiência dentro da área de trabalho. Após as analises dos questionários e da resposta dos participantes da pesquisa concluiu-se que houve efeitos benéficos em seus corpos assim como se percebeu a possibilidade de trabalho mais aprofundado dos temas da pesquisa devido à resposta dos indivíduos às atividades propostas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia R. L. Vechia, Universidade Estadual de Campinas

IA/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

VECHIA, P. R. L. Dança laboral. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 257–257, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8695. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8695. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida