Banner Portal
Acompanhamento psicoprofissional para patrulheiros
PDF

Palavras-chave

Jovem aprendiz. Primeiro emprego. Desenvolvimento.

Como Citar

BUENO, Erika Aparecida; GUZZON, J. T.; ICASSATT, T. G.; BERTO, M. L. V.; PEREIRA, F. C. Acompanhamento psicoprofissional para patrulheiros. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 242–242, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8665. Acesso em: 28 maio. 2024.

Resumo

O Acompanhamento Psicoprofissional para Patrulheiros consiste em poder acompanhar o Adolescente em suas dificuldades no ambiente de estágio, visando à resolução dos conflitos e/ou encaminhamentos a outras instâncias, bem como seu amadurecimento profissional, sempre dentro da Lei do Jovem Aprendiz, bem como respeitando o Estatuto da Criança e do Adolescente. Uma vez detectado a situação conflitante, o Orientador ou o próprio Patrulheiro acionará a DPD-D/DGRH. A área de Psicologia faz uma triagem do Patrulheiro para diagnóstico da situação, e como o trabalho da DPD/DGRH visa às situações oriundas do ambiente de trabalho, as ações poderão acontecer, desde um acompanhamento periódico (tanto com o jovem quanto com o Orientador), conversa com a mãe e/ou responsável, contato com o CAMPC (Círculo dos Amigos do Menor Patrulheiro de Campinas), ou até mesmo encaminhamento para órgão de saúde ou sociais. Este trabalho auxilia o jovem no seu desenvolvimento, dá o suporte psicológico que ele precisa no momento, bem como evita seu desligamento junto à Entidade Patrulheiros Campinas (Órgão ao qual o jovem tem vínculo), a qual esta Universidade mantém parceria.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Erika Aparecida Bueno, J. T. Guzzon, T. G. Icassatt, M. L. V. Berto, F. C. Pereira

Downloads

Não há dados estatísticos.