A institucionalização da política de prevenção de acidentes de trabalho na UNICAMP: evolução e perspectivas

Autores

  • Ronaldo Luis de Almeida Universidade Estadual de Campinas
  • Celso Ribeiro de Almeida Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8646

Palavras-chave:

CIPA. Prevenção de acidentes. Saúde do trabalhador.

Resumo

Por um longo tempo, a prevenção de acidentes na universidade era baseada unicamente na vontade pessoal do pesquisador, do seu grupo de pesquisa/docência, ou, ainda, de sua unidade acadêmica. O presente trabalho teve como objetivo levantar, do ponto de vista institucional, os principais marcos normativos na prevenção de acidentes no âmbito da Unicamp. O levantamento proporcionou a identificação de três marcos relevantes na prevenção de acidentes na Unicamp: a criação das CIPAs em 1983, a significativa alteração da composição e a criação de CIPAs setoriais em 1995 e o estabelecimento da política de saúde do trabalhador e prevenção de riscos ambientais pela Câmara de Administração do Conselho Universitário em 1999. As perspectivas de mudanças na cultura universitária de prevenção de acidentes estão diretamente dependentes da necessidade de maior investimento na formação continuada dos docentes/pesquisadores e pessoal de apoio e, ainda, do estabelecimento de requisitos de prevenção de acidentes de trabalho na liberação de recursos pelas agências de fomento ao ensino, pesquisa e extensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ronaldo Luis de Almeida, Universidade Estadual de Campinas

CIPA/ UNICAMP

Celso Ribeiro de Almeida, Universidade Estadual de Campinas

Universidade Estadual de Campinas

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

ALMEIDA, R. L. de; ALMEIDA, C. R. de. A institucionalização da política de prevenção de acidentes de trabalho na UNICAMP: evolução e perspectivas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 236–236, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8646. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8646. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Desenvolvimento Humano, Saúde e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)