Vantagens e limitações na identificação de corpos em decomposição x dna

Autores

  • S. K. Carvalho Universidade Estadual de Campinas
  • P. B. Rocha Universidade Estadual de Campinas
  • D. E. Junior Universidade Estadual de Campinas
  • L. R. S. Costa Universidade Estadual de Campinas
  • R. Agostini Universidade Estadual de Campinas
  • A. A. Barbieri Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8615

Palavras-chave:

DNA. Decomposição. Corpos

Resumo

Foram analisadas as vantagens e as limitações do emprego do exame de DNA na identificação de corpos em decomposição considerando em especial, a influência do meio líquido onde se encontravam os corpos (água doce e água salgada). Por meio de dois casos clínicos - um acidente aéreo com avião bimotor que caiu no mar próximo à VITÒRIA/ES, com 06 passageiros a bordo, 03 corpos mutilados foram encontrados após 36hs, 01 corpo mutilado foi encontrado em uma praia 15 dias após e 02 corpos nunca foram encontrados; e o outro caso clínico, um acidente automobilístico sem testemunhas, no qual uma caminhonete foi encontrada no fundo de um rio, decorridos 3 meses do possível acidente, em meio às ferragens, foram encontrados 02 corpos esqueletizados, supostamente pai e filho. Foi concluído que a obtenção de perfil genético de DNA a partir de amostras degradadas ou “low copy number” é difícil, que vários protocolos devem ser tentados, pois neste caso a situação foi totalmente contrária na qual a literatura afirma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

S. K. Carvalho, Universidade Estadual de Campinas

FOP/ UNICAMP

P. B. Rocha, Universidade Estadual de Campinas

FOP/ UNICAMP

D. E. Junior, Universidade Estadual de Campinas

FOP/ UNICAMP

L. R. S. Costa, Universidade Estadual de Campinas

FOP/ UNICAMP

R. Agostini, Universidade Estadual de Campinas

FOP/ UNICAMP

A. A. Barbieri, Universidade Estadual de Campinas

FOP/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

CARVALHO, S. K.; ROCHA, P. B.; JUNIOR, D. E.; COSTA, L. R. S.; AGOSTINI, R.; BARBIERI, A. A. Vantagens e limitações na identificação de corpos em decomposição x dna. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 229–229, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8615. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8615. Acesso em: 27 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)