Banner Portal
Minibanda: da fase heróica a uma qualificada escola de música
PDF

Palavras-chave

Cultura. Educação musical. Serviços comunitários.

Como Citar

CALIXTO, Israel de Souza; LINS, Edison Cardoso. Minibanda: da fase heróica a uma qualificada escola de música. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 225–225, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8607. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

A Unibanda tem presença constante nas apresentações institucionais internas e externas como, por exemplo, nas comemorações dos 40 anos da Unicamp, em 2006, nas dependências da Alesp. A participação de profissionais da universidade tem sido decisiva para os avanços dos quais desfrutam a comunidade universitária e setores de fora dela. Hoje cada vez mais consolidada como projeto consistente de formadora de músicos, conheceu uma dura, mas rica fase heróica que a sedimentou. O que era um projeto com origem na banda comunitária do professor José Coelho, em 1984, chamada de banda comunitária, mais fechada, formada por funcionários e alunos, passou a adotar um programa aberto à comunidade de Campinas. Na década de 90, especificamente na gestão do Prof. Carlos Vogt, a banda passou a ter reconhecimento institucional de forma mais abrangente, então através do SAS - Serviço de Apoio ao servidor, órgão do GR. Hoje, dentro do Núcleo de Integração e Difusão Cultural (Nidic) da Unicamp, na estrutura do Cocen, a escola atende dezenas de alunos, tanto filhos de funcionários e docentes, como também muitos interessados da comunidade externa e se prepara para dar mais um salto, agora externo, abrangente e de qualidade, enquanto projeto institucional de cultura.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Israel de Souza Calixto, Edison Cardoso Lins

Downloads

Não há dados estatísticos.