Banner Portal
Nível de complexidade assistencial de pacientes em uma unidade médico-cirúrgica
PDF

Palavras-chave

Recursos humanos. Cuidado de enfermagem

Como Citar

GIACOMELLO, K. J.; VERGILIO, M. S. T. G.; GUIRARDELLO, E. de B. Nível de complexidade assistencial de pacientes em uma unidade médico-cirúrgica. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 188–188, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8505. Acesso em: 5 mar. 2024.

Resumo

Trata-se de um estudo descritivo que teve por objetivos classificar, em dois momentos distintos, os pacientes de uma enfermaria médico-cirúrgica segundo o seu nível de complexidade do cuidado de enfermagem, analisando e comparando os resultados obtidos nesses períodos. Para a classificação de pacientes foi utilizado o instrumento desenvolvido por Fugulin et al. Os resultados mostraram que nos dois períodos foram classificados pacientes nos cinco níveis de complexidade, com predomínio na categoria cuidados mínimos e um percentual crescente na classificação de semiintensivos e intensivos, o que não era esperado que ocorresse nesta unidade. Frente a esses resultados, recomendase que a avaliação do nível de complexidade assistencial seja realizada de forma periódica como recurso para o gerente do serviço negociar um quadro de pessoal adequado, organizar a unidade para garantir a qualidade da assistência prestada.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Karina Jorgino Giacomello, Maria Silvia Teixeira Giacomaso Vergilio, Edineis de Brito Guirardello

Downloads

Não há dados estatísticos.