Nano-concreto: introdução da nanotecnologia ao estudo do concretoa

Autores

  • Fabio Albino de Souza Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8503

Palavras-chave:

Nano-Concreto. Nanotecnologia. Cimento

Resumo

A nanociência e a nanotecnologia são áreas que apresentam grande potencial para o desenvolvimento de novos materiais e novas aplicações. Muitas pesquisas com nanotecnologia utilizam os nanotubos de carbono, devido as suas excepcionais propriedades, como por exemplo, módulo de elasticidade cinco vezes maior que o do aço. Recentemente inúmeros pesquisadores estão utilizando o conceito de nanotecnologia para criação de compósitos de cimento Portland, na qual busca-se a compreensão da hidratação das partículas de cimento e a adição de partículas nanométricas (nm), seja nano-sílica, nanotubos de carbono ou nanofibras. No decorrer de novas pesquisas e o avanço de novas técnicas na incorporação das nano-partículas, o cimento Portland se tornará um produto de alta tecnologia comparado ao seu estado atual, de ser somente um produto convencional da construção civil. A sua utilização poderia ser potencializada na fabricação de nano-concretos, argamassas, e outros materiais de alta performance e desempenho, como também ser um produto inovador em outras áreas da indústria abrindo novos mercados consumidores. O objetivo deste trabalho é fornecer uma coletânea de informações relacionadas com os assuntos acima, com base em pesquisas recentes, resultados, inovações e próximos desafios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabio Albino de Souza, Universidade Estadual de Campinas

FEC/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

SOUZA, F. A. de. Nano-concreto: introdução da nanotecnologia ao estudo do concretoa. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 187–187, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8503. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8503. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão