Modernização agrícola e máquinas de beneficiamento: um estudo da lidgerwood mfg. Co. Ltd., década de 1850 a 1890

Autores

  • Ema Elizabete Rodrigues Camilo Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8496

Palavras-chave:

Indústria/comércio importador. Máquinas de beneficiamento. Café

Resumo

Este trabalho teve por objetivo analisar o processo de modernização agrícola ocorrido na segunda metade do século XIX no Brasil, através do estudo de caso da empresa Lidgerwood MFG. Co. Ltd. Acompanhando a trajetória da empresa e do empresário, pontuada por suas atividades no exterior, este trabalho se propôs a analisar as relações que estabeleceu junto aos usuários de seus produtos bem como junto aos seus concorrentes, na medida das quais se tentou detectar as estratégias que desenvolveu para estabelecer-se no mercado de máquinas no Brasil bem como ampliar esse mercado e, também, cuidar da manutenção da liderança que exerceu junto a esse mesmo mercado. O estudo proposto insere-se simultaneamente no âmbito específico da História de Empresas (Business History) como no da História Econômica em sentido amplo. Este estudo contribuiu não só para revelar os fabricantes de máquinas existentes, bem como o número de máquinas usadas nas quatro províncias brasileiras: Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Espírito Santo, então as maiores produtoras de café do país, e, também a presença e atuação do capital estrangeiro, particularmente o americano, na economia brasileira da segunda metade do século XIX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ema Elizabete Rodrigues Camilo, Universidade Estadual de Campinas

CMU/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

CAMILO, E. E. R. Modernização agrícola e máquinas de beneficiamento: um estudo da lidgerwood mfg. Co. Ltd., década de 1850 a 1890. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 184–184, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8496. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8496. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão