Banner Portal
Estudo da função endotelial em ratos submetidos a infarto experimental e tratados com lisinopril e losartan
PDF

Palavras-chave

Infarto do miocárdio. Função endotelial. Ratos

Como Citar

OZAKI, M. R.; ALMEIDA, E. A. de. Estudo da função endotelial em ratos submetidos a infarto experimental e tratados com lisinopril e losartan. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 158–158, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8386. Acesso em: 2 mar. 2024.

Resumo

O infarto do miocárdio é conseqüência de grave isquemia do coração, geralmente, causada por placas ateroscleróticas que se alojam nas coronárias e podem gerar trombos. A disfunção endotelial ocorre precocemente na aterosclerose e encontra-se presente em uma série de patologias, tais como: hipertensão arterial, diabetes, hipercolesterolemia, insuficiência cardíaca, etc. Existem controvérsias se na fase recente do infarto do miocárdio ocorre disfunção endotelial. Neste trabalho objetivamos: 1) verificar a função endotelial em ratos infartados na sua fase recente (7 dias), 2) verificar o efeito do lisinopril (20 mg/kg por dia) e losartan( 30 mg/kg por dia),administrado via gavagem, na função endotelial e 3) influência do lisinopril e losartan na mortalidade dos animais. Utilizou-se 80 ratos wistar machos(350- 400g) que foram separados em 8 grupos (n=10). Os métodos utilizados foram:indução do infarto através de ligadura da coronária, estudo da função endotelial através do relaxamento dependente do endotélio, coloração com cloreto de trifenil tetrazólio para verificar tamanho do infarto e estudo histopatológico com coloração pela hematoxilina-eosina. Utilizou-se o teste do qui quadrado e análise de variância.Os resultados obtidos demonstraram que os animais tratados com lisinopril e losartan reverteram a disfunção endotelial que ocorre em ratos infartados, porém não diminuem a mortalidade.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Michiko Regina Ozaki, Eros Antonio de Almeida

Downloads

Não há dados estatísticos.