Criação de phyllocaulis soleiformis (mollusca: veronicellidae) em laboratório

Autores

  • João Batista Alves de Oliveira Universidade Estadual de Campinas
  • Ivo Gonçalves Pereira Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8361

Palavras-chave:

Phyllocaulis soleiformis. Criação em cativeiro. Moluscos terrestres.

Resumo

O molusco terrestre Phyllocaulis soleiformis, conhecido popularmente como lesma de jardim pode atuar como hospedeiro intermediário de Angiostrongylus costaricensis, parasita causador da angiostrongilose abdominal. O Departamento de Parasitologia do Instituto de Biologia, Unicamp, cria esse molusco para o desenvolvimento de projetos de pesquisas com o intuito de estudar essa parasitose,. Em meados de 2004 foram coletados em jardins do município de Campinas, SP exemplares de P. soleiformes e mantidos em recipientes abertos, com terra ou cascas de eucaliptos (ambas autoclavadas e umidecidas) e à temperatura ambiente. A alimentação consistia em alface, cenoura e pó de ração para camundongos oferecidas “ad libitum”. Os moluscos apresentaram alto índice de mortalidade devido à infestações por moscas da da família Phoridae. A troca do substrato por madeira em decomposição, aliada à manutenção em estufa de BOD em temperatura constante (250 C) e à cobertura do recipiente com tela de organza, propiciou um melhor desenvolvimento dos moluscos que passaram a reproduzir-se em cativeiro, alcançando atualmente a geração F4.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Batista Alves de Oliveira, Universidade Estadual de Campinas

IB/ UNICAMP

Ivo Gonçalves Pereira, Universidade Estadual de Campinas

IB/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

OLIVEIRA, J. B. A. de; PEREIRA, I. G. Criação de phyllocaulis soleiformis (mollusca: veronicellidae) em laboratório. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 14, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8361. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8361. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão