Ambientes de cuidado pediátrico favoráveis à prática de enfermagem têm impacto positivo nos resultados do trabalho e no clima de segurança

Autores

  • Daniela Fernanda dos Santos Alves Universidade Estadual de Campinas
  • Edinêis de Brito Guirardello Universidade Estadual de Campinas
  • Dirceu Silva Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8340

Palavras-chave:

Ambiente de instituições de saúde. Satisfação no trabalho. Burnout. Clima de segurança.

Resumo

O ambiente da prática de enfermagem é elemento crítico para o bem-estar dos profissionais e da segurança do paciente. O objetivo do estudo foi avaliar as correlações entre o ambiente da prática de enfermagem, os resultados do trabalho e o clima de segurança. Trata-se de um estudo transversal em dois hospitais pediátricos no Brasil, conduzido entre dezembro/2013 e fevereiro/2014. Para coleta dos dados utilizamos Nursing Work Index-Revised, Safety Attitudes Questionnaire – Short form 2006 e Inventário de Burnout de Maslach. A análise foi realizada por meio do coeficiente de correlação de Spearman e Modelo de Equações Estruturais. A amostra consistiu de 267 profissionais de enfermagem. Os resultados evidenciaram que profissionais com maior autonomia, boas relações com a equipe médica, controle sobre o ambiente de trabalho e maior suporte organizacional apresentam menores níveis de exaustão emocional, maior satisfação no trabalho, menos intenção de deixar o trabalho e referem clima de segurança mais positivo. O modelo de equações estruturais mostrou níveis satisfatórios de ajustamento e indicou que as variáveis do ambiente de trabalho da enfermagem são preditoras dos resultados do trabalho e do clima de segurança. Investimentos organizacionais como iniciativas para reduzir o burnout, envolvimento do profissional na tomada de decisão relacionada ao cuidado do paciente, reconhecimento profissional, suporte do gestor de enfermagem, e aprendizado por meio da abordagem das falhas contribuem para o desenvolvimento de um ambiente de trabalho favorável e têm significante impacto na satisfação com o trabalho e o clima de segurança.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Fernanda dos Santos Alves, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) (2002), Especialista em Pediatria pela Sociedade Brasileira de Enfermeiros Pediatras (SOBEP) (2013), Especialista em Estomaterapia pela Universidade Estadual de Campinas (2013), Especialista em Oncologia pela Fundação Antonio Prudente (2006). Mestrado em Enfermagem (2009) e Doutorado em Ciências da Saúde (2015) pela Universidade Estadual de Campinas. Pós-doutoranda em Enfermagem pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) desde 2015. Atualmente é Enfermeira da Educação Continuada, membro do Núcleo de Segurança do Paciente e do Grupo de Gerenciamento de Cateteres Vasculares do do Hospital de Clínicas da Unicamp.

Edinêis de Brito Guirardello, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade do Sagrado Coração (1983), mestrado em Enfermagem pela University of Wisconsin - Madison - WI, Estados Unidos (1993) e doutorado em Enfermagem pela Universidade de São Paulo (1999). Atualmente é professora associada da Faculdade de Enfermagem da Universidade Estadual de Campinas e coordenadora associada do Curso de Graduação em Enfermagem (Gestão 2014-2018).

Dirceu Silva, Universidade Estadual de Campinas

Colaborador da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas. 

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

ALVES, D. F. dos S.; GUIRARDELLO, E. de B.; SILVA, D. Ambientes de cuidado pediátrico favoráveis à prática de enfermagem têm impacto positivo nos resultados do trabalho e no clima de segurança. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 128–128, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8340. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8340. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)