Valiação da presença de cryptosporidium spp. E giardia spp. Em águas minerais naturais de nascentes e enteroparasitoses em duas comunidades rurais da cidade de campos do jordão -- sp

Autores

  • Nislon Branco Universidade Estadual de Campinas
  • Regina Maura Bueno de Franco Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8303

Palavras-chave:

Cryptosporidium. Giardia. Águas de nascentes.

Resumo

A presença dos protozoários Cryptosporidium spp. e de Giardia spp. em água destinadas ao consumo humano, assumiu grande importância em Saúde Pública nos últimos anos, com numerosos surtos de gastroenterite por veiculação hídrica. A transmissão dos protozoários ocorre mediante a ingestão dos oocistos ou cistos, que têm grande resistência no ambiente. A população do município de Campos do Jordão/SP utiliza amplamente as águas das nascentes para o consumo e a existência de situações com risco potencial de contaminação dessas águas são freqüentes. O objetivo deste trabalho foi investigar a ocorrência destes patógenos em amostras de água das principais fontes deste município. Utilizou-se a técnica de filtração em membranas e anticorpos monoclonais fluorescentes para detecção dos protozoários. Cryptosporidium spp e Giardia spp foram detectados em 25,0% (3/12) das fontes estudadas (concentrações de 0,2 a 0,3 oocistos e 0,07 a 0,1 cistos por litro, respectivamente). O índice de positividade para as fontes pertencentes à área urbana foi de 33,3% (2/6) enquanto para as da área rural foi de 16,7% (1/6). Um inquérito parasitógico fecal revelou que 49,2% (91/185) das pessoas estavam parasitadas com prevalências de: Cryptosporidium spp. (8,1%), Giardia duodenalis (5,9%), Blastocystis hominis (4,9%) e Entamoeba histolytica/ dispar (2,7%); Entamoeba coli (19,5%), Iodamoeba bütschlii (4,3%) e Endolimax nana (0,5%); Ascaris lumbricoides (14,9%); Trichuris. trichiura (9,7%); Taenia sp., Enterobius vermicularis, ancilostomideo e larva de nematódeo (1,1%). As condições ambientais (relevo, disponibilidade hídrica, ocupação desordenada, áreas de pastagem) e 136 Livro de Resumos do II SIMTEC - Simpósio de Profissionais da Unicamp focos de contaminação (esgoto sanitário; fezes de animais) existentes próximo às nascentes foram fatores que contribuíram com a contaminação das águas de origem subterrânea no município. A ausência de água tratada, de sistema de escoamento sanitário e as condições sócio-econômicas das comunidades rurais incluídas no inquérito parasitológico podem ter contribuído para a elevada prevalência das parasitoses intestinais observadas neste estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nislon Branco, Universidade Estadual de Campinas

IB/ UNICAMP

Regina Maura Bueno de Franco, Universidade Estadual de Campinas

IB/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

BRANCO, N.; FRANCO, R. M. B. de. Valiação da presença de cryptosporidium spp. E giardia spp. Em águas minerais naturais de nascentes e enteroparasitoses em duas comunidades rurais da cidade de campos do jordão -- sp. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 135–135, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8303. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8303. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão