Automação de um equipamento de ressonância paramagnética eletrônica do laboratório de propriedades magnéticas do IFGW da Universidade Estadual de Campinas

Autores

  • Alexandre Halam Nunes de Paula Universidade Estadual de Campinas
  • Antonio Sergio Sozua Almeida Universidade Estadual de Campinas
  • Carlos Eduardo Sandrini Luz Universidade Estadual de Campinas
  • H. H. Bertran Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8301

Palavras-chave:

EPR. Eletromagnética. Microcontrolador.

Resumo

Um espectrômetro de Ressonância Paramagnética Eletrônica (EPR – Electronic Paramagnetic Resonance) é basicamente formado de uma fonte de radiação eletromagnética de freqüência estável e de um magneto que gera um campo magnético que pode ser lentamente variado ao longo de uma determinada faixa, para se registrar um espectro. A variação do campo magnético do equipamento em questão é feita através de um circuito eletrônico controlado mecanicamente em conjunto com o registrador analógico de dados por um sistema de correias, sujeitas a desgastes e sem a possibilidade de reposição por se tratar de um equipamento antigo. A intenção do projeto é a substituição do controle mecânico por um sistema totalmente eletrônico, permitindo a integração do equipamento com um computador, onde através de um software de controle e uma interface microcontrolada, é possível interagir com o sistema para a variação do campo magnético e a devida aquisição dos dados para posterior análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Halam Nunes de Paula, Universidade Estadual de Campinas

CEMEQ/ UNICAMP

Antonio Sergio Sozua Almeida, Universidade Estadual de Campinas

CEMEQ/ UNICAMP

Carlos Eduardo Sandrini Luz, Universidade Estadual de Campinas

CEMEQ/ UNICAMP

H. H. Bertran, Universidade Estadual de Campinas

CEMEQ/ UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

PAULA, A. H. N. de; ALMEIDA, A. S. S.; LUZ, C. E. S.; BERTRAN, H. H. Automação de um equipamento de ressonância paramagnética eletrônica do laboratório de propriedades magnéticas do IFGW da Universidade Estadual de Campinas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 135–135, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8301. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8301. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)