A trajetória dos estudantes surdos na UNICAMP: do voluntariado à central TILS

Autores

  • Lilian Fereira Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8292

Palavras-chave:

Acessibilidade. Educação inclusiva no contexto universitário. Tradutor intérprete de libras.

Resumo

A língua oficial do Brasil é o Português, entretanto, com a Lei 10.436/2002 foi reconhecida, também, a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS – língua natural dos surdos brasileiros. A legitimação de sua língua tem permitido aos surdos o acesso nos mais diversos espaços sociais, entre eles, o educacional. Na Unicamp, a trajetória desses estudantes começou pela participação nos grupos de estudos e pesquisas sobre educação de surdos (1998), ocasião em que o serviço de tradução e interpretação era feito de forma voluntária por uma pedagoga bilíngue da Unicamp. Com a acessibilidade linguística possibilitando o acesso e a permanência dos surdos nos grupos de pesquisa da universidade, outros foram se agregando, culminando com o ingresso de duas estudantes no programa de mestrado da Faculdade de Educação, fato este que demandou oferecimento do serviço de tradução e interpretação com contratação de Tradutores Intérpretes de Libras – TILS. Porém, esse tipo de contratação não supria todas as necessidades no espaço acadêmico, sendo a participação dos surdos restrita às aulas somente. No intuito de proporcionar uma efetiva inclusão desses estudantes, foi criada a Central TILS (2014) por meio de processo seletivo temporário e, posteriormente, concurso público. Atualmente, todos os TILS têm formação superior com habilitação e ou proficiência em Língua de Sinais. A efetivação da oferta de serviços de tradução e interpretação de Libras possibilita a toda a comunidade surda o acesso a uma educação de qualidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lilian Fereira, Universidade Estadual de Campinas

Reitoria.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

FEREIRA, L. A trajetória dos estudantes surdos na UNICAMP: do voluntariado à central TILS. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 109–109, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8292. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8292. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão