Adaptação e implantação da metodologia para quantificação da bactéria enterococcus sp. Em esgoto sanitário no laboratório de saneamento da faculdade de engenharia civil, arquitetura e urbanismo (FEC)

Autores

  • Ligia Maria Domingues Universidade Estadual de Campinas
  • A. S. Barreto Universidade Estadual de Campinas
  • Edson Aparecido Abdul Nour Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8274

Palavras-chave:

Enterococcus SP. Quantificação. Esgoto sanitário.

Resumo

Enterococcus sp. compreende um gênero de bactérias aeróbias cujo habitat é o trato intestinal humano e de outros animais. Hoje sua detecção tem aplicação na avaliação de qualidade microbiológica de água mineral e águas recreacionais (piscinas). Sua maior resistência aos processos de tratamento de esgotos sanitários e sua incapacidade de se reproduzir fora do habitat normal torna-o um indicador da eficiência do tratamento de água e esgoto sanitário. Visando oferecer condições para realização de pesquisas relacionadas a este microrganismo foi implantada no Laboratório de Saneamento do Departamento de Saneamento e Ambiente da FEC uma metodologia para quantificá- lo em esgoto sanitário. Adaptado a partir dos métodos oficiais da APHA, o teste de quantificação compreende as seguintes etapas: (1) teste presuntivo em Caldo Azida Dextrose, (2) plaqueamento seletivo diferencial em Ágar Bile Esculina e (3) teste confirmativo em Caldo BHI+NaCl a 6,5%. O resultado final é expresso em NMP/100 mL. Ao longo de 12 meses foram realizadas 48 análises em amostras de esgoto bruto, esgoto tratado e esgoto tratado submetido à desinfecção por cloração, provenientes de um sistema que atende a uma pequena comunidade. Foram obtidos resultados plenamente satisfatórios na execução da metodologia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ligia Maria Domingues, Universidade Estadual de Campinas

FEC/UNICAMP

A. S. Barreto, Universidade Estadual de Campinas

FEC/UNICAMP

Edson Aparecido Abdul Nour, Universidade Estadual de Campinas

FEC/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

DOMINGUES, L. M.; BARRETO, A. S.; NOUR, E. A. A. Adaptação e implantação da metodologia para quantificação da bactéria enterococcus sp. Em esgoto sanitário no laboratório de saneamento da faculdade de engenharia civil, arquitetura e urbanismo (FEC). Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 127–127, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8274. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8274. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão