A importância do processo de formação para uso de ambientes virtuais de aprendizagem na educação

Autores

  • Edilene Aparecida Ropoli Universidade Estadual de Campinas
  • R. P. Silva Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i2.8259

Palavras-chave:

Formação continuada. Educação a distância. Ambientes virtuais de aprendizagem.

Resumo

Os ambientes virtuais de aprendizagem (AVA´s) estão sendo cada vez mais utilizados nas modalidades de ensino presencial com apoio das tecnologias, semi-presencial e a distância. Na Unicamp temos iniciativas de uso dos AVA´s, em especial do ambiente TelEduc (Ambiente TelEduc: http://www.teleduc.org.br/), nos cursos de graduação, pós-graduação, especialização, grupos de pesquisa, grupos de trabalho, formação continuada, entre outros. A princípio os AVA´s são fáceis de usar e intuitivos. Embora essas premissas sejam consideradas por quem desenvolveu a tecnologia, o desafio é usar o potencial pedagógico das tecnologias em função dos projetos educacionais. Para atender a essa necessidade, ROPOLI (2004) cita iniciativas da equipe de educação à distância do Centro de Computação da Unicamp que têm por objetivo divulgar o uso das tecnologias no contexto educacional: criação de comunidades de aprendizagem, disponibilização de mini-cursos auto-instrucionais, realização de tutoriais e cursos sobre educação à distância, encontro de usuários, entre outros. Esse artigo aprofundará em uma dessas iniciativas, que é o curso de “Planejamento e Implantação de Projetos utilizando AVA´s”, no caso, o ambiente TelEduc, disponível para toda a comunidade da Universidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edilene Aparecida Ropoli, Universidade Estadual de Campinas

CCUEC/UNICAMP

R. P. Silva, Universidade Estadual de Campinas

CCUEC/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-09-12

Como Citar

ROPOLI, E. A.; SILVA, R. P. A importância do processo de formação para uso de ambientes virtuais de aprendizagem na educação. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 122–122, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i2.8259. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8259. Acesso em: 26 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 2 - Desenvolvimento de Ensino, Pesquisa e Extensão

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)