Movimentação e alocação na UFRJ

novas práticas

Autores

  • Madelon Moura Vasconcelos Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Marcio Neves Paiva Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8164

Resumo

O presente trabalho trata de apresentar as mudanças na forma de trabalho da Divisão de Movimentação e Alocação (DVMA) da Universidade Federal do Rio de Janeiro. A DVMA é uma Divisão da Pró-Reitoria de Pessoal (PR-4) que trata, entre outras coisas, do processo de remoção de servidores. Sobre as mudanças no presente processo que este trabalho trata. A remoção de servidores na UFRJ ainda acontece sem um dimensionamento de nossa força de trabalho. Atualmente há um esforço em otimizar os recursos humanos disponíveis fazendo um trabalho inicial de dimensionamento que precisa ser aprimorado com ajuda de todos os chefes de seção de pessoal. A metodologia utilizada nesse trabalho de dimensionamento ainda está sendo estudada para aplicação em nossa IFES. O objetivo final da presente participação é mostrar a importância, para todos os membros de nossa comunidade acadêmica, da gestão eficiente de recursos humanos e também conhecer novas formas de dimensionamento utilizadas em outras IFES.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Madelon Moura Vasconcelos, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Assistente em Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Marcio Neves Paiva, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Coordenação de Políticas de Pessoal - Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

VASCONCELOS, M. M.; PAIVA, M. N. Movimentação e alocação na UFRJ: novas práticas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 34–34, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8164. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8164. Acesso em: 3 out. 2022.