Vigilância sanitária

aliada na construção de um espaço de trabalho seguro

Autores

  • Maria Rosa Ceccato Colombrini Universidade Estadual de Campinas https://orcid.org/0000-0002-0725-878X
  • Cíntia Soares Tozzi Universidade Estadual de Campinas
  • Rosana Fins Ramos Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Sandra Mara Queiróz Costa Universidade Estadual de Campinas
  • Roseli Higa Universidade Estadual de Campinas
  • Marcos Roberto Guimarães Universidade Estadual de Campinas
  • Marta Diafrais Borges Rodrigues Universidade Estadual de Campinas
  • Priscila Moreira Silva Universidade Estadual de Campinas
  • Antonio Sundfeld Iaderozza Universidade Estadual de Campinas
  • Cassia Regina Gabriel Machado Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8140

Resumo

Introdução: o Projeto Vigilância Sanitária (Projeto VISA) iniciou-se em maio/2006 após vistorias realizadas pela VISA-Região Norte nas áreas do HC, apontando não conformidades. Desde aquele momento até os dias atuais a equipe tem atuado para corrigir distorções nos processos relacionados à assistência, higiene e estrutura predial reconhecendo-se o papel da VISA de oferecer um olhar externo para as condições de assistência à saúde e contribuir com apontamentos de melhorias(1). Objetivo geral: manter o HD dentro de princípios sanitários definidos pela VISA e pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH)/HC. Método: o trabalho foi realizado no HD/HC/UNICAMP que é uma unidade de desospitalização dos pacientes. Os executores foram: enfermeiras, técnicos de enfermagem e administrativo e a assessora do Departamento de Enfermagem/HC (DENF). Foram realizadas 13 vistorias entre 2011-2016, desde a implantação da planilha VISA. Os eventos de não conformidade foram categorizados: "Enfermagem/Processos", "Estrutura" e "Limpeza". Resultados: foram encaminhadas ordens de serviço à Divisão de Engenharia/HC para correções na estrutura e treinamento para as equipes de limpeza e enfermagem. As medianas dos percentuais de aprovação foram: 88,2% para "Enfermagem/Processo", 91,6% para "Estrutura" e 79,7% para "Limpeza". Discussão: a literatura propõe que se conceitue como "Ótimo" para aprovação entre 90-100% dos itens; "Bom" entre 70-89%; "Regular" entre 50-69% e "Ruim" menor que 49%(2). Usou-se a ferramenta gerencial "PDSA"(3). Conclusões: os dados mostram que o processo de vistoria tem garantido uma avaliação permanente da área e dos processos, mantendo-os com conceito "Bom" e "Ótimo". O respeito entre os serviços e os profissionais foi fundamental, e o DENF foi um facilitador para a elaboração dos indicadores. A Divisão de Serviços Gerais/HC (responsável pelo contrato de limpeza terceirizada) e a Divisão de Engenharia/HC tem sido parceiros na execução correta da limpeza e na preservação do patrimônio público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Rosa Ceccato Colombrini, Universidade Estadual de Campinas

Departamento de Enfermagem; Enfermagem do Hospital Dia.

Cíntia Soares Tozzi, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

Rosana Fins Ramos Silva, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

Sandra Mara Queiróz Costa, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

Roseli Higa, Universidade Estadual de Campinas

Departamento de Enfermagem; Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

Marcos Roberto Guimarães, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

 

Marta Diafrais Borges Rodrigues, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

 

Priscila Moreira Silva, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

 

Antonio Sundfeld Iaderozza, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

 

Cassia Regina Gabriel Machado, Universidade Estadual de Campinas

Hospital Dia; Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas.

 

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

COLOMBRINI, M. R. C.; TOZZI, C. S.; SILVA, R. F. R.; COSTA, S. M. Q.; HIGA, R.; GUIMARÃES, M. R.; RODRIGUES, M. D. B.; SILVA, P. M.; IADEROZZA, A. S.; MACHADO, C. R. G. Vigilância sanitária: aliada na construção de um espaço de trabalho seguro. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 12–12, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8140. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8140. Acesso em: 26 set. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>