Banner Portal
Interpretação da representatividade numérica na DEDIC
PDF

Como Citar

ROVARIZ, M. Interpretação da representatividade numérica na DEDIC: uma proposta de ação em consonância ao projeto ético-político do serviço social. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 11–11, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8139. Acesso em: 28 nov. 2023.

Resumo

A Divisão de Educação Infantil e Complementar , DEdIC, atende funcionários e acadêmicos e carrega em seu bojo uma trajetória de progressivas conquistas, desde 1982. Atualmente, com educação infantil/complementar garante e preserva o direito da criança, com propostas pedagógicas de cuidar, educar e brincar. As “creches” da Unicamp, referência na educação infantil há mais de três décadas, contam com progressiva demanda. O Serviço Social da creche vivenciou inúmeros formatos de trabalho, respondendo à necessidade conjuntural. Atualmente situado na Secretaria de Alunos/DEdIC, se responsabiliza pelas análises socioeconômicas, como um dos instrumentos técnico-operativo para distribuição de vagas. A sugestão temática propõe divulgar a representatividade numérica destes atendimentos sociais, tendo como foco o primeiro semestre/2016, à luz do projeto ético político da profissão. O trabalho de cunho expositivo produzirá resultados quantiqualitativos à memória institucional. A educação contemporânea, refletida sob a ótica de política pública, constitui em um processo emancipatório do sujeito, que transcende o papel da escola unicamente à formação pedagógica. Neste contexto a atuação do Serviço Social na DEdIC se justifica não somente às análises socioeconômicas, mas também no desenvolvimento de ações que promovam o empoderamento de sujeitos sociais. Nesta perspectiva, a comunicação dialógica entre as áreas de conhecimento social e educacional se complementam, tendo como eixo comum as questões sociais. O estudo permite fomentar a conexão científica, social e educacional, a propósito de solidificar a atuação do Assistente Social na DEdIC, fazendo jus ao compromisso ético-político de emancipação social, legitimado nas diretrizes que norteiam a profissão de Serviço Social.

PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Margareth Rovariz

Downloads

Não há dados estatísticos.