Interpretação da representatividade numérica na DEDIC

uma proposta de ação em consonância ao projeto ético-político do serviço social

Autores

  • Margareth Rovariz Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i6.8139

Resumo

A Divisão de Educação Infantil e Complementar , DEdIC, atende funcionários e acadêmicos e carrega em seu bojo uma trajetória de progressivas conquistas, desde 1982. Atualmente, com educação infantil/complementar garante e preserva o direito da criança, com propostas pedagógicas de cuidar, educar e brincar. As “creches” da Unicamp, referência na educação infantil há mais de três décadas, contam com progressiva demanda. O Serviço Social da creche vivenciou inúmeros formatos de trabalho, respondendo à necessidade conjuntural. Atualmente situado na Secretaria de Alunos/DEdIC, se responsabiliza pelas análises socioeconômicas, como um dos instrumentos técnico-operativo para distribuição de vagas. A sugestão temática propõe divulgar a representatividade numérica destes atendimentos sociais, tendo como foco o primeiro semestre/2016, à luz do projeto ético político da profissão. O trabalho de cunho expositivo produzirá resultados quantiqualitativos à memória institucional. A educação contemporânea, refletida sob a ótica de política pública, constitui em um processo emancipatório do sujeito, que transcende o papel da escola unicamente à formação pedagógica. Neste contexto a atuação do Serviço Social na DEdIC se justifica não somente às análises socioeconômicas, mas também no desenvolvimento de ações que promovam o empoderamento de sujeitos sociais. Nesta perspectiva, a comunicação dialógica entre as áreas de conhecimento social e educacional se complementam, tendo como eixo comum as questões sociais. O estudo permite fomentar a conexão científica, social e educacional, a propósito de solidificar a atuação do Assistente Social na DEdIC, fazendo jus ao compromisso ético-político de emancipação social, legitimado nas diretrizes que norteiam a profissão de Serviço Social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margareth Rovariz, Universidade Estadual de Campinas

Diretoria Geral de Recursos Humanos; Divisão de Educação Infantil e Complementar.

Downloads

Publicado

2016-10-27

Como Citar

ROVARIZ, M. Interpretação da representatividade numérica na DEDIC: uma proposta de ação em consonância ao projeto ético-político do serviço social. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 6, p. 11–11, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v0i6.8139. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8139. Acesso em: 3 out. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)