Banner Portal
Programa de qualidade de vida para funcionárias da UNICAMP
PDF

Palavras-chave

Sedentarismo. Atividade física. Qualidade de vida

Como Citar

SALVE, Mariângela Gagliardi Caro; TEIXEIRA, Camila V. Programa de qualidade de vida para funcionárias da UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 330–331, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8067. Acesso em: 19 jun. 2024.

Resumo

A qualidade de vida apesar, de ser uma questão subjetiva, todo ser humano deseja adquirir ou manter níveis adequados. A partir do pressuposto que a prática da atividade física é fundamental para a aquisição e manutenção da qualidade de vida este estudo teve por objetivo verificar a influência de um programa de treinamento físico sobre os quatro domínios da qualidade de vida (físico, meio ambiente, relação social e psicológico). Utilizou-se o questionário WHOQOL-Abreviado da Organização Mundial da Saúde (OMS, 1998), devido a ampla aplicação e por englobar vários aspectos relacionados à QV. Participaram do programa 14 mulheres inicialmente sedentárias, com idade de 45,86 ± 10,45 anos, funcionárias da UNICAMP. As aulas tiveram duração de 60 minutos, e aconteceram 3x/semana, durante 16 semanas. Foram utilizados exercícios de alongamentos musculares, relaxamentos, caminhada e resistência muscular localizada. Os resultados aqui obtidos demonstram que a prática regular e sistematizada da atividade física atua positivamente na melhoria da qualidade de vida na população adulta ao apresentar aumento significativo nos domínios físico, psicológico e meio ambiente, comprovando a eficácia da intervenção sobre esses domínios da qualidade de vida
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Mariângela Gagliardi Caro Salve, Camila V. Teixeira

Downloads

Não há dados estatísticos.