Banner Portal
Implantação da rastreabilidade de medicamentos: experiência do caism/unicamp
PDF

Palavras-chave

Rastreabilidade. Código de barras. Medicamento

Como Citar

CALIL, Roseli et al. Implantação da rastreabilidade de medicamentos: experiência do caism/unicamp. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, n. 2, p. 71–71, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8014. Acesso em: 20 jul. 2024.

Resumo

Introdução: O Serviço de Farmácia atende 5.500 prescrições/mês em sistema de distribuição individualizado/24h e unitário e tem como preocupação a segurança deste processo. Objetivos: Descrever a implantação da rastreabilidade de medicamentos por código de barras no CAISM. Metodologia: Reuniões com equipe multidisciplinar para identificação de necessidades a serem atendidas pelo programa. O programa informatizado de rastreabilidade foi desenvolvido pelo Serviço de Informática (SI) e na implantação o estudo piloto foi realizado na UTI Adulto, em agosto/2006. Os recursos materiais (computadores, impressoras de código de barras) foram financiados pelo Projeto Hospitais Sentinela/ANVISA. Foi realizado o treinamento das equipes de farmácia e enfermagem pelo SI, sendo estendido à utilização deste programa para unidade de internação e UTI neonatal até fevereiro/2007. Resultados: Este sistema trouxe como beneficio a rastreabilidade de medicamentos por paciente, redução de riscos na administração como troca de medicamentos, uso de medicamentos vencidos e erros de intervalos de doses. Conclusão: A adesão ao novo sistema foi permeada pela adesão dos profissionais para utilização do programa de prescrição eletrônica e de rastreabilidade, sendo considerado um avanço institucional no que diz respeito à segurança do cliente.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Roseli Calil, F. C. L. G. Farhat, Adelia Corina Alves Bernardes, Nivalda Maria de Oliveira, G. M. R. S. Marques, R. P. C. Martins, Ricardo Andreatto, E. B. L. Romeu, M. M. Martins, L. A. M. Silva

Downloads

Não há dados estatísticos.