O acesso de pessoas com cegueira ou com baixa visão aos ambientes digitais

Autores

  • Fátima Aparecida Gonçalves Mendes Universidade Estadual de Campinas
  • Sônia Maria Chadi de Paula Arruda Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.8013

Palavras-chave:

Deficiência visual. Ambientes digitais. Informática

Resumo

Os ambientes digitais virtuais favorecem a comunicação, o acesso a informação e a inserção na sociedade. Na deficiência visual — cegueira e baixa visão ou visão subnormal —, os sujeitos se apropriam de conhecimentos, tecnologias e recursos específicos que ampliam suas possibilidades de acessibilidade ao ambiente digital. As pessoas com cegueira utilizam o sistema Braille (sistema tátil de leitura e escrita) e as com baixa visão utilizam de auxílios ópticos (lentes específicas para ampliação de imagem) e não ópticos (contrastes, iluminação, materiais adaptados...). Ambas utilizam a informática para ler e escrever. O objetivo desse estudo foi verificar o motivo da aprendizagem do uso do computador de adolescentes e adultos inseridos em um Programa de Reabilitação do CEPRE / FCM / UNICAMP. Utilizou-se a técnica da observação participante e entrevista semi-estruturada, em um enfoque de pesquisa de natureza qualitativa. Os sujeitos foram selecionados entre os usuários atendidos em Recursos de Informática, um setor do processo de reabilitação. O estudo foi realizado com 21 sujeitos, com idade entre 12 a 70 anos. Os resultados apontam que a maioria dos sujeitos busca aprender a usar o computador e ter acesso aos ambientes virtuais para a comunicação pessoal, informação e trabalho. Os sujeitos incluídos no sistema regular de ensino destacaram a importância desse acesso pela igualdade de condições em sala de aula. A comunicação e a participação social, juntamente com a reabilitação, mobilizam as pessoas com deficiência visual a aprenderem e se inserirem nos ambientes digitais, propiciando independência e autonomia no cotidiano

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fátima Aparecida Gonçalves Mendes, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FCM/CEPRE

Sônia Maria Chadi de Paula Arruda, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FCM/CEPRE

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

MENDES, F. A. G.; ARRUDA, S. M. C. de P. O acesso de pessoas com cegueira ou com baixa visão aos ambientes digitais. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 312–313, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.8013. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/8013. Acesso em: 7 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 5 - Área de Desenvolvimento Humano e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)