Banner Portal
Estudo de revitalização para a área médica da UNICAMP
PDF

Palavras-chave

Campus universitário. Socialização. Hospital da clínicas. Revitalização urbana

Como Citar

DONADON, Edilene Teresinha; VIEIRALVES, Newton; SANTOS, Eduardo Jamal Francisco; BIZELLO, Sérgio. Estudo de revitalização para a área médica da UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 331–332, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7984. Acesso em: 22 jul. 2024.

Resumo

A área urbana do entorno do Hospital das Clínicas da Unicamp se apresenta hoje com grandes problemas de ordem técnica e de cunho social. Implantada num processo que durou aproximadamente 10 anos, de 1975 a 1980 a área se consolidou como uma das que mais recebe visitantes por dia na UNICAMP. Esse movimento da ordem de 10.000 pessoas dia trouxe para a área um abatimento para as quadras que se reflete nas falta de equipamentos urbanos, tais como: banheiros, locais de descanso, estacionamentos para veículos de passeio e ambulâncias, etc; além de conflitos de trânsito e pedestres e dificuldades de acessos. Esse trabalho levantou grande parte dos problemas urbanos a pedido da Pró-reitoria de Desenvolvimento Universitário visando iniciar um debate sobre a necessidade de intervenção nessa área do campus. O trabalho chega a indicar um estudo que resolveria os problemas elencados, melhorando acessos de veículos e ônibus, minimizando conflitos, criando áreas de descanso e estar para o acompanhante do usuário do HC, área exclusiva para ambulância e vans de outras cidades, aumento da segurança da área do Pronto Socorro, entre outras propostas. O conhecimento desse trabalho e proposição por parte da comunidade da Unicamp pode suscitar a discussão necessária para a intervenção urbana nesse local.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Edilene Teresinha Donadon, Newton Vieiralves, Eduardo Jamal Francisco Santos, Sérgio Bizello

Downloads

Não há dados estatísticos.