Atividade física para funcionárias da UNICAMP: atuação na composição corporal

Autores

  • Mariângela Gagliardi Caro Salve Universidade Estadual de Campinas
  • Camila V. Teixeira Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7937

Palavras-chave:

Sedentarismo. Atividade física. Composição corporal

Resumo

O sedentarismo é considerado o principal fator de risco para obtenção de doenças não transmissíveis. Dados epidemiológicos evidenciam menor morbimortalidade por doenças em indivíduos fisicamente ativos, pois sabe-se que exercícios físicos, mesmo em graus moderados, têm efeitos protetores e geram importantes benefícios para a saúde. Partindo destes pressupostos, este trabalho teve a proposta de oferecer um programa de atividade de física, com a duração de nove meses, para funcionárias da UNICAMP, sedentárias, na faixa de 30 a 60 anos e visou avaliar a composição corporal através do IMC (Índice de Massa Corpórea), porcentagem de gordura, relação cintura-quadril e perimetria, antes e depois do programa aplicado. As atividades ocorreram três vezes por semana, com a duração de uma hora, com atividades aeróbias, exercícios resistidos e alongamentos musculares. Nos resultados obtidos não se observou mudanças significativas no peso corporal e IMC, porém, pode-se ocorreram melhoras na relação cintura-quadril e aumento da massa magra, relacionado à melhora da porcentagem de gordura e manutenção da perimetria, o que é um indicativo que o programa foi importante

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariângela Gagliardi Caro Salve, Universidade Estadual de Campinas

Departamento de Ciências do Esporte/FEF/UNICAMP

Camila V. Teixeira, Universidade Estadual de Campinas

Departamento de Ciências do Esporte/FEF/UNICAMP

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

SALVE, M. G. C.; TEIXEIRA, C. V. Atividade física para funcionárias da UNICAMP: atuação na composição corporal. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 331–331, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7937. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7937. Acesso em: 1 out. 2022.

Edição

Seção

Eixo 5 - Área de Desenvolvimento Humano e Qualidade de Vida

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)