Banner Portal
Análise dos acidentes de trabalho envolvendo quedas na universidade estadual de Campinas
PDF

Palavras-chave

Acidente de trabalho. Quedas.CIPA. CAT

Como Citar

SOUZA, Rosineia Araujo; SOUZA, José Benedito dos Santos; SILVA, Conceição Aparecida. Análise dos acidentes de trabalho envolvendo quedas na universidade estadual de Campinas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 311–312, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7929. Acesso em: 29 maio. 2024.

Resumo

Os acidentes de trabalho envolvendo quedas representaram 24% dos acidentes analisados pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) no período de 2006 a 2009. Os estudos constataram que os acidentes mais frequentes com quedas envolveram os profissionais da área de saúde, sendo que dos 152 acidentes analisados, 52% dos acidentes ocorreram com os profissionais da área de enfermagem, 90% dos acidentes ocorreram com trabalhadores do sexo feminino, 50% dos acidentes com trabalhadores casados e 70% dos acidentes ocorreram com trabalhadores com idade acima de 38 anos. As áreas mais atingidas foram os membros inferiores com 47% e membros superiores com 23% das ocorrências, sendo que foram constatadas, ainda, múltiplas lesões em várias partes do corpo (30%). Como agente causador das quedas é apontado, ainda, o fato do chão estar encerado e/ou molhado (24%). Os locais de maiores incidência com acidentes envolvendo quedas foram as ruas, avenidas, estacionamentos e ponto de ônibus.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Rosineia Araujo Souza, José Benedito dos Santos Souza, Conceição Aparecida Silva

Downloads

Não há dados estatísticos.