Violência de gênero e sexual entre alunos de uma universidade pública do estado de São Paulo

Autores

  • Vilma Zotareli Universidade Estadual de Campinas
  • Anibal Faúndes Universidade Estadual de Campinas
  • Maria José Duarte Osis Universidade Estadual de Campinas
  • Graciana Duarte Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7916

Palavras-chave:

Violência contra a mulher. Violência sexual. Ética. Estudantes universitários

Resumo

O objetivo foi avaliar a prevalência de violência de gênero e sexual, a associação entre atitude em gênero e em ética e a experiência de sofrer e perpetrar violência, entre alunos de uma universidade pública do Estado de São Paulo. Estudo descritivo de corte transversal, análise secundária dos dados da pesquisa “Freqüência e características da violência interpessoal entre alunos de graduação e pós-graduação de uma universidade paulista”. Analisaram-se respostas de 2430 universitários (as) a um questionário estruturado e pré- testado, respondido diretamente em arquivo computadorizado. Os dados foram coletados através do software livre LimeSurvey (LimeSurvey 1.49RC3). Realizaram-se análises bivariadas, aplicando o teste qui-quadrado e, posteriormente, foi realizada análise múltipla por regressão logística de Poisson. Dentre as alunas, 56,3% afirmaram ter sofrido algum tipo de violência desde seu ingresso na universidade, sendo 9,4% de violência sexual; 29,9% dos alunos disseram ter perpetrado algum tipo de violência, sendo 11,4% de gênero e 3,3% de violência sexual. Menores escores em atitude em ética associaram-se a maior probabilidade dos homens serem perpetradores de violência em geral, e especificamente de gênero. Residir com pais/parentes e professar alguma religião revelaram-se fatores protetores para homens e mulheres, tanto para sofrer quanto para perpetrar violência. Evidenciaram-se fatores associados à violência de gênero e sexual tanto no plano individual quanto em relação aos relacionamentos e à vida na comunidade universitária e na sociedade em geral, indicando a necessidade de intervir no meio universitário para prevenir e minorar esse problema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vilma Zotareli, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/Cemicamp

Anibal Faúndes, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/Cemicamp

Maria José Duarte Osis, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/Cemicamp

Graciana Duarte, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/Cemicamp

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

ZOTARELI, V.; FAÚNDES, A.; OSIS, M. J. D.; DUARTE, G. Violência de gênero e sexual entre alunos de uma universidade pública do estado de São Paulo. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 218–219, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7916. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7916. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Eixo 4 - Área Médica e Biológicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)