Banner Portal
Relação entre perfil hormonal, osteoporose e câncer em ratas ovariectomizadas
PDF

Palavras-chave

Ovariectomia. Terapia de reposição hormonal. Estrógeno. Progesterona. Ciclo estral

Como Citar

SOUSA, Marcelo Duque. Relação entre perfil hormonal, osteoporose e câncer em ratas ovariectomizadas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 232–233, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7908. Acesso em: 23 jul. 2024.

Resumo

Climatério é o período de transição entre a fase reprodutiva para a não reprodutiva, sendo caracterizado por mudanças endócrinas e clínicas em função do declínio da atividade ovariana. Nesta fase, a mulher apresenta vários sintomas como: fogachos, sudoreses, irritabilidade e atrofia urogenital, diminuindo sensivelmente a qualidade de vida. Nesse contexto, uma das opções de tratamento e prevenção dos sintomas após a menopausa é a terapia de reposição hormonal que pode dar melhor qualidade de vida a mulher. No experimento, foram utilizadas 42 ratas Wistar distribuídas em 7 grupos: controle(C), ovariectomizado (OV), ovariectomizado com reposição hormonal em dosagem fisiológica de 30 pg/mL de benzoato estradiol +10 ng/mL norestisterona (EPF), ovariectomizado com reposição hormonal supra fisiológica de 90 pg/mL de benzoato estradiol + 30 ng/mL norestisterona (EPA), ovariectomizado com reposição hormonal em dosagem fisiológica de 10 ng/mL norestisterona (PF), ovariectomizado com reposição hormonal supra fisiológica de 30 ng/mL norestisterona (PA), e ovariectomizado com reposição hormonal em dosagem fisiológica de 30 pg/mL benzoato de estradiol (EF). Aos quatro meses de idade foi realizado a ovariectomia, e após 30 dias de reposição hormonal, os animais foram sacrificados. Realizou análise tecidual de fosfatase alcalina e proteína total, e no fêmur realizou ensaios mecânicos de flexão. Resultados: concentração de proteína e fosfatase alcalina não observou alteração significativa na concentração em relação ao controle, e os ensaios de flexão para os valores de resistência e tenacidade demonstraram ser necessário tempo maior de reposição hormonal para podermos observar os efeitos dessa reposição hormonal fisiológica nos ossos.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Marcelo Duque Sousa

Downloads

Não há dados estatísticos.