Banner Portal
Prevalência de variantes polimórficas no cariótipo de pacientes com fenótipo de subfertilidade
PDF

Palavras-chave

Polimorfismo cromossômico. Subfertilidade. Normas. Cariótipo

Como Citar

CAMPANHOL, C. de L.; HENRICH, J. K.; BARINI, R. Prevalência de variantes polimórficas no cariótipo de pacientes com fenótipo de subfertilidade. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 167–168, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7883. Acesso em: 4 mar. 2024.

Resumo

As variantes polimórficas são um achado comum na rotina do laboratório de citogenética. Entretanto, indicar a presença de um polimorfismo no laudo final é facultativo. Foram incluídos no estudo 1236 resultados de cariótipos provenientes de dois diferentes centros (público e privado) e que haviam sido submetidos ao teste como parte da investigação para a subfertilidade, no período de janeiro de 2003 a março de 2009 e janeiro de 2000 a dezembro de 2008 respectivamente. Aproximadamente 25% de todos os casos apresentaram cariótipo anormal, incluindo alterações numéricas, estruturais e também variantes polimórficas. Nos dois diferentes centros (público e privado), a prevalência de variantes polimórficas foi de 8,9% e 3,8%, respectivamente. Nossos resultados reforçam a necessidade da adequada divulgação da informação citogenética completa nos resultados de cariótipo, com atenção específica em relação às variantes polimórficas. No laboratório de citogenética do CAISM, local onde foi realizado o presente estudo, optou-se desde 2002 pelo registro dos polimorfismos em laudo, em todos os casos. Assim sendo, é possível que os dados apresentados na literatura possam estar subestimados devido à falta de normatização com relação à descrição dos polimorfismos em laudo, viés este não encontrado na prática do laboratório do CAISM. Os achados deste trabalho, bem como a recomendação para a sistematização da comunicação do resultado final das variantes da normalidade em laudo, poderão auxiliar no aprimoramento das normativas brasileiras relacionadas a este assunto.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Cássia de Lourdes Campanhol, Juliana Karina Henrich, Ricardo Barini

Downloads

Não há dados estatísticos.