Banner Portal
Plantão social na internação hospitalar
PDF

Palavras-chave

Usuários. Gestão compartilhada. Resolutividade

Como Citar

FERNANDES, Marli Elisa Nascimento. Plantão social na internação hospitalar. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 194–195, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7881. Acesso em: 16 jun. 2024.

Resumo

O plantão social constitui o espaço de escuta qualificada do projeto ético político do Serviço Social. O objetivo do estudo foi minimizar os aspectos de fragmentação da assistência aos usuários internados nas Enfermarias e UTI’s do Hospital de Clínicas da UNICAMP. Dados da amostra de 520 atendimentos dos assistentes sociais foram avaliados, no período de maio a julho e 2008, após realização das visitas e apoio aos pacientes. As demandas sociais e terapêuticas eram compartilhadas pela gestora e equipe da área para tomada de providências. Foram eleitas as variáveis: Identificação das demandas dos pacientes, Número de reuniões realizadas e Discussão técnica. Intervenção e Resolutividade dos casos. Devolutiva aos usuários e ou familiares e ou acompanhantes durante a internação. Foi realizada uma média de 20 reuniões mensais. Quanto às demandas apresentadas: (60%) eram de caráter sócio familiar/previdenciária, (15%) de apoio psicossocial (25%) de caráter educativo e terapêutico Quanto a Intervenção e Resolutividade foram 98% dos casos, 2% não foram possíveis a intervenção. Houve 100% de Devolutiva dos casos. O estudo indicou que a gestão compartilhada traz melhoria à assistência e humaniza o atendimento aos pacientes e ou famílias durante a internação em hospital terciário proporcionando menor índice de fragmentação da assistência.
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Marli Elisa Nascimento Fernandes

Downloads

Não há dados estatísticos.