Padronização da nested-pcr para detecção do dna do estreptococo do grupo B

Autores

  • Paula Durante Andrade Universidade Estadual de Campinas
  • Michelli Gianetti Universidade Estadual de Campinas
  • Sandra C. B. Costa Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7879

Palavras-chave:

Gestante. Recém-nascido. Nested-PCR. EGB

Resumo

O Estreptococo do Grupo B (EGB) pode colonizar assintomaticamente a vagina de mulheres e causar infecções graves em recém-nascidos. No Brasil, estudos demostram prevalência de EGB de 14,9% a 21,6%, sendo esta prevalência maior nas gestantes com idade inferior a 20 anos e com menor escolaridade. A cultura em meio seletivo enriquecido é utilizado na rotina como padrão-ouro, mas os resultados não podem ser avaliados antes de 48 horas e os testes de aglutinação para detecção do EGB apresentam baixa sensibilidade. Os problemas apresentados pelo diagnóstico laboratorial, baseado em métodos de aglutinação e cultura, indicam a necessidade do desenvolvimento e aprimoramento de técnicas mais rápidas, sensíveis e específicas. Deste modo, o diagnóstico por métodos de biologia molecular, como a Dupla Reação em Cadeia da Polimerase (Nested-PCR), tem sido proposto como uma boa alternativa para a detecção do EGB. Na padronização da Nested-PCR foram utilizadas cepas padrão de Estreptococo do grupo B (ATCC 27591) e na avaliação da especificidade do teste utilizou-se cepas de Listeria monocytogenes e Escherichia coli. Observou-se um fragmento de 96pb pela Nested-PCR nas cepas de EGB estudadas. Na avaliação da especificidade não houve amplificação inespecífica. Padronizou-se a Nested-PCR para detecção do EGB a partir de amostras de DNA de cepa padrão de EGB. A Nested-PCR permitirá o diagnóstico da colonização do EGB em gestantes

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Durante Andrade, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FCM - Câmara de Pesquisa

Michelli Gianetti, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FCM - Câmara de Pesquisa

Sandra C. B. Costa, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/FCM - Câmara de Pesquisa

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

ANDRADE, P. D.; GIANETTI, M.; COSTA, S. C. B. Padronização da nested-pcr para detecção do dna do estreptococo do grupo B. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 198–199, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7879. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7879. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 4 - Área Médica e Biológicas