Mycoplasma spp em amostras biológicas de animais de laboratório e cultivo celular: detecção por cultivo e reação em cadeia da polimerase (PCR)

Autores

  • Daniele Masselli Rodrigues Demolin Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7864

Palavras-chave:

Mycoplasma spp. Animais de laboratório. Cultivo celular. PCR

Resumo

Mycoplasma pulmonis é um agente infeccioso freqüentemente encontrado em animais de laboratório, coloniza o trato respiratório e genital e ouvido médio, e pode influenciar resultados experimentais. Geralmente, a infecção é subclínica, embora manifestações clínicas são encontradas. Algumas espécies causam infecção uterina e atravessam barreiras placentárias, sendo fundamental a análise das amostras de placenta validando a eficiência da histerectomia na eliminação de contaminações em animais de laboratório. Linhagens celulares também podem estar contaminadas por espécies de Mycoplasma e Acholeplasma. Sua detecção pode ser feita por cultivo, métodos sorológicos e técnicas moleculares. Foram analisadas 24 amostras: pulmão(n=2) e lavado traqueal de ratos(n=18), placentas de camundongos (n=4) e 07 linhagens celulares. As amostras foram cultivadas em caldo e ágar PPLO enriquecido. Para a confirmação de crescimento de Mycoplasma spp realizou-se uma PCR grupo-específico com primers direcionados para regiões conservadas do gene 16S do RNAr da família Mollicutes. Para a determinação da espécie, as amostras positivas, foram testadas com primer espécie-específico que amplifica as espécies de M. pulmonis, M.arthritidis, M.neurolyticum, M.arginini e M.urealyticum. Das amostras testadas, 20(83,33%) foram positivas no cultivo com caldo PPLO e em meio sólido observou-se colônias com morfologia típica de “ovo frito”. As amostras de placenta foram negativas no cultivo e PCR. Observou-se 18 amostras positivas (75%) com primer grupo-específico e 13 (54,16%) para M. pulmonis com primer espécie-específico. Das linhagens celulares, 5(71,42%) foram positivas com primer grupo-específico. A utilização deste primer é uma alternativa na detecção de contaminações por espécies de Mycoplasma em animais de laboratório e culturas celulares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Masselli Rodrigues Demolin, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/CEMIB

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

DEMOLIN, D. M. R. Mycoplasma spp em amostras biológicas de animais de laboratório e cultivo celular: detecção por cultivo e reação em cadeia da polimerase (PCR). Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 229–230, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7864. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7864. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Eixo 4 - Área Médica e Biológicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)