Banner Portal
Irradiação seguida de transferência ovariana como uma alternativa para restaurar funções reprodutivas
PDF

Palavras-chave

Irradiação. Transplante de ovários. Fertilidade

Como Citar

SALGADO, Andréia Ruis. Irradiação seguida de transferência ovariana como uma alternativa para restaurar funções reprodutivas. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 162–163, 2016. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7862. Acesso em: 15 jul. 2024.

Resumo

A falência do ovário e a incapacidade de preservar oócitos nas pacientes após-quimio e radioterapia, tem levado ao desenvolvimento de tecnologias para a preservação da fertilidade. O presente estudo busca avaliar a fertilidade em fêmeas irradiadas de camundongos bem como a eficácia da transferência ovariana na restauração da reprodução. Para tanto, camundongos isogênicos C57BL/6 (doadora do ovário) e híbridos B6C-F1 (receptora do ovário) foram irradiadas com raios gama (60Co) na dose de 4,0 Gy e taxa de dose 28,4 Gy / h, no Centro de Tecnologia de Radiação IPEN-CNEN/SP. Os transplantes foram realizados nas fêmeas irradiadas sob anestesia e na técnica, a bolsa ovariana foi cortada, os ovários originais removidos e substituídos por ovários não irradiados. Foram feitos dois grupos experimentais: o G1: Transplante de ovário bilateral e G2: Fêmeas B6 irradiadas. As fêmeas dos grupos G1 e G2, foram acasaladas com machos C57BL/6, 7 e 30 dias após a irradiação e ao transplante ovariano. Os resultados, em número de nascimentos por ninhada, foram: acasalados com 7 dias G1(3,4 ± 1,81) e G2 (3,8 ± 1,30); acasalados com 30 dias: G1 (3,0 ± 0,70) e G2 (0). Estes resultados demonstram que a irradiação em curto prazo (7 dias) não comprometeu a reprodução em ambas as linhagens enquanto em longo prazo (30 dias), observou-se o contrário, sugerindo um efeito tardio da radiação. As fêmeas irradiadas e acasaladas com 7 e 30 dias após o transplante apresentaram ninhada, sugerindo que esta técnica pode ser uma alternativa à restauração das funções reprodutivas
PDF
Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2016 Andréia Ruis Salgado

Downloads

Não há dados estatísticos.