Análise quantitativa do número de punções venosas realizadas em pacientes submetidos à quimioterapia na central de quimioterapia-CAISM-UNICAMP

Autores

  • Elaine Cristina Pereira Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7813

Palavras-chave:

Quimioterapia. Punção venosa. Paciente oncológico

Resumo

A rede venosa de um paciente submetido à quimioterapia é alvo preferencial a ser acometido por complicações que venham a dificultar sua utilização para a infusão do quimioterápico. O profissional que realiza a punção venosa deve ser consciente da importância desse procedimento e realizá-lo de forma a preservar o paciente do excesso do número de punções e da dor. O número de punções realizadas em paciente oncológico e em quimioterapia é um indicador de qualidade muito importante. Diante de tal importância tornou-se objetivo desta pesquisa o levantamento do número de punções venosas nos pacientes em tratamento quimioterápico ambulatorial realizado na Central de QuimioterapiaCaism-Unicamp no ano de 2009. Os dados foram analisados mensalmente e obtidos a partir de um livro de registro diário do serviço em questão. Classificou-se os resultados segundo um esquema baseado no número de punções por paciente realizadas para iniciar a infusão de forma adequada e segura, sendo 01, 02, 03, 04 ou mais punções. Desta forma, obteu-se os índices mensais em número e porcentagem, demonstrando os valores reais da prática desse procedimento no serviço onde o trabalho foi realizado. Pelos resultados obtidos observou-se uma resposta bastante positiva já que o número de uma única punção venosa realizada para se iniciar a infusão no paciente é muito superior as demais que decrescem de forma gradativa conforme aumenta o número de punções necessárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine Cristina Pereira, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/CAISM - Ambulatório de Oncologia Clínica

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

PEREIRA, E. C. Análise quantitativa do número de punções venosas realizadas em pacientes submetidos à quimioterapia na central de quimioterapia-CAISM-UNICAMP. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 173–173, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7813. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7813. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 4 - Área Médica e Biológicas