A atuação da enfermeira na UTIN: entre o ideal, o real e o possível

Autores

  • Liciane Langona Montanholi Universidade Estadual de Campinas
  • Miriam Aparecida Barbosa Merighi Universidade Estadual de Campinas
  • Maria Cristina de Jesus Pinto Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7805

Palavras-chave:

Recém-Nascido. Cuidado de enfermagem. Unidade de terapia intensiva neonatal. Pesquisa qualitativa

Resumo

O recém-nascido internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) necessita de cuidados específicos para o seu, tornando essencial o cuidado prestado pelo enfermeiro. Este estudo teve como objetivos conhecer e compreender a vivência da enfermeira na UTIN e apreender o típico de vivência dessa profissional. Utilizou-se a abordagem qualitativa, com enfoque da Fenomenologia Social, tendo como base as questões norteadoras: Fale-me do seu dia-a-dia na UTI neonatal. Como você realiza o cuidado direto ao recém-nascido? Há alguma outra atividade que gostaria de realizar aqui na UTI? Identificaram-se categorias concretas do vivido, emergidas dos discursos, as quais foram interpretadas, segundo o referencial de Alfred Schütz. Com base nas categorias, construiu-se o tipo vivido da enfermeira que atua em UTIN. Esse estudo possibilitou reflexões sobre a realidade vivenciada pela enfermeira, as possibilidades de sua atuação e caminhos para atingir o ideal no cuidado em UTIN.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Liciane Langona Montanholi, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/CAISM, USP/EEUSP, UFJF

Miriam Aparecida Barbosa Merighi, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/CAISM, USP/EEUSP, UFJF

Maria Cristina de Jesus Pinto, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/CAISM, USP/EEUSP, UFJF

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

MONTANHOLI, L. L.; MERIGHI, M. A. B.; PINTO, M. C. de J. A atuação da enfermeira na UTIN: entre o ideal, o real e o possível. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 186–186, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7805. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7805. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Eixo 4 - Área Médica e Biológicas