Trabalho familiar e inserção social na economia cafeeira, campinas: 1870-1940

Autores

  • Fernando Antonio Abrahão Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sinteses.v1i3.7801

Palavras-chave:

História econômica. História de empresas. História de Campinas. Imigração – Classe média

Resumo

Em 1998 foi criada no Centro de Memória – UNICAMP (CMU) a Linha de Pesquisa que investiga Histórias empresariais na região de Campinas. Estes estudos baseiam-se no papel sócio-econômico dos empresários e suas empresas, principalmente os pequenos proprietários agrícolas, pequenos industriais e comerciantes, com o objetivo de conhecermos mais profundamente uma fase importante do desenvolvimento econômico do Brasil: a transição da economia cafeeira para a industrialista. Dos quatro casos específicos estudados durante estes anos, três deles demonstraram que o trabalho familiar, tradicional em determinados grupos étnicos imigrantes – sobretudo os descendentes de italianos e espanhóis – favoreceu o pioneirismo de empresas comerciais e industriais na região. Com a intenção de conhecer casos de mobilidade social ascendente na classe média paulista durante o auge do café e a transição para a industrialização (1870 – 1940), iniciamos neste ano uma pesquisa de doutorado baseada nos registros do Tribunal de Justiça de Campinas (TJC): inventários post-mortem, testamentos, atas de eleições municipais e registros de votantes, assim como os registros notariais de propriedade de imóveis e hipotecas. Esses documentos, sob a guarda do CMU, revelam algumas trajetórias de empresários que capitalizaram seus negócios ao longo do tempo. Com estes casos, além dos já estudados, vamos abordar a questão do trabalho familiar como estratégia alternativa para a construção da vida material da classe média, sobretudo a acumulação de riquezas como meio de inserção e reconhecimento social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Antonio Abrahão, Universidade Estadual de Campinas

UNICAMP/CMU/Arquivos Históricos

Downloads

Publicado

2016-08-16

Como Citar

ABRAHÃO, F. A. Trabalho familiar e inserção social na economia cafeeira, campinas: 1870-1940. Sínteses: Revista Eletrônica do SimTec, Campinas, SP, v. 1, n. 3, p. 118–119, 2016. DOI: 10.20396/sinteses.v1i3.7801. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/simtec/article/view/7801. Acesso em: 25 set. 2022.

Edição

Seção

Eixo 3 - Área de Ciências Humanas e Artes